16:36Ordens ao Bananão

Se vivo fosse e visse o espetáculo deprimente dos manifestantes contra a presença da blogueira Yaoni Sanchéz no Brasil, o grande Nelson Rodrigues diria, com ajuda de Ivan Lessa, outro que já se foi e, assim, fez diminuir o índice de inteligência por aqui: “Cuba é do tamanho de Paquetá, mas continua ditando ordens para os basbaques do Bananão”.

5 ideias sobre “Ordens ao Bananão

  1. Mr. Walker Bush

    By Eduardo Guimarães

    (…)Muito estranha a “ditadura” cubana, não? Se a tal Yoani fosse viva nos idos de 1964 e divergisse da “ditabranda” brasileira (by Folha de São Paulo) como diverge do regime cubano, a esta altura estaria vendo capim crescer pela raiz. Afinal, ditadura que é ditadura não permite uma palavra de quem diverge. Quanto mais verborragia como a dessa mocinha.

  2. Emerson Paranhos

    Mr Walker como todo Bush está mau informado.Quem protestou nos idos do regime militar sem pegar em armas ou estimular violência não comeu grama pela raíz. Agora o llugar onde a classe média foi fuzilada com “ternura” naquela época foi Cuba.
    As viúvas da mumia assassina do Caribe gemem muito ao lamber os coturnos do Fidel múmia milica ambulante. e ainda vem com com esta estória de que lutaram pela liberdade!!! que que é isso “cara pálida” . Lutaram sim pela imposição da DITADURA DO PROLETÁRIADO no modêlo cubano/albanez/chinês.
    Parem de enganar e assumam suas mentiras.

  3. Parreiras Rodrigues

    Doravante não lerei mais os comentários do Mr. Bush. Duvido do discernimento, da sensatez, de qualquer pessoa que para garantir a sua própria credibilidade, apela para textos do Amorim, cujo currículo não avaliza papagaio de 10 merréis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>