10:30Radar e política

Do Goela de Ouro:

A Consilux, ao confirmar que se enquadrou ao corte definido pela gestão Gustavo Fruet no valor pago pela Prefeitura pelos radares, aproveitou para desancar o ex-prefeito Luciano Ducci e sua equipe. Em nota, a empresa afirmou que a gestão anterior “conduziu politicamente uma questão de ordem técnica”. Em 2013, o valor mensal pago pela ocupação de 196 radares cai de R$ 737 mil para R$ 464 mil. Economia de R$ 3,2 milhões por ano – valor suficiente para, por exemplo, construir duas creches.

5 ideias sobre “Radar e política

  1. carlos rocha

    Se o ex-prefeito como afirma a empresa “conduzui politicamemte uma questão de ordem técnica” nada mais do que justo que a empresa devolver ao erário público o que recebeu a mais.

  2. Jeremias, o bom

    Questão técnica?
    Abonar as multas dos amigos do rei é questão técnica?
    Levar jabaculê é questão técnica?

    Vai mal o atual prefeito nessa questão. Um dia pagará caro pela adesão ao “esquema”.

    Todo Zé Dirceu tem o Jeferson que merece.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>