5 ideias sobre “Sobre Carlos Marighela

  1. Emerson Paranhos

    Brilhante a entrevista e elogiável a reprodução no Blog.
    Ainda nã li o livro- ainda hoje vou comprá-lo e começar a leitura. Sempre é bom conhecer opiniões, e saudável quando se lê aquilo que contraria o nosso modo de ver os acontecimentos.
    Mas cabe algumas observações que na minha opinião, que vivi aquela época, porém não participei de nada disso embora visse naquela época sim, oposição mesmo, até armada.
    Hoje a oposição é uma piada.-
    Mas observei clarament o seguinte:
    O autor, muito bom diga-se de passagem, cai naquela mesma mentira da ausência de documentos, segundo ele desviados por agentes do estado. Será que eles, os pesquisadores, não estão é querendo documtnos que comprovem sua teoria (ou versão) e não a verdade historíca???? e por isso usam esse bordão.
    Outra coisa: Politicos ou os agentes do estado quando cometem “falta” são chamados de tarados ou assassinos, os politicos da esquerda e no caso Mariguela é titulado como namorador que quando decidem cruelmente o cronista se refere como um deslize . algo incidental até justificavel(Caso Pagú etc.0
    As idas a China e a Russia – anteriores a 1964 em programa de adestramento para a criação de um Vietnã no Brasil é dita como até viagens culturais( quem financiava????que é isso. Não é citado.)
    Quando da apresentação da verdade (quando do mito Stalin) o Vestal Marguella fica louco, segundo o autors Estranho como um homem tão “brilhante” não sabia destes crimes hediondos- Estive na Ucrania e lá´a região fronteira com a Rússia, praticamente perdeu sua identidade ucraniana devido aos progroms de Stalin que assassinou 7 milhões de ucranianos. Ele não sabia disso, o incorrigivel romantico namorador e inocente protagonista da história – o herói ficou louco ao saber – não sabia de nada exatamente com o Lulla, o Zé Dirceu dele era o Prestes.
    Agora o autor, brilhante diga-se de passagem, acusa os agentes do estado de assassinato por terem matado um homem desarmado. Não perguntou se os agentes antes da ação sabiam que o Terrorista mais procurado estava desarmado? Os frades falharam mais uma vez quando não dedaram este detalhe importantissimo. Finalmete o terrorista morto era padrão mundial em guerrilha e preconizava, imitando seu icone Guevara transformar o Brasil em um Vietnã ou Cuba. Quem viveu aquela época lembra-se da teoria ou certeza do dominó – O resto do mundo cairia para o comunismo como uma sequência de pedras de dominó – ontem a Russia, China< Vietinã, Africa, América do Sul e finalmente os EUA. Isto cansei deouvir na faculdade nos anos setenta onde a ditadura- que censura incompetente -deixava os economistas terem era aula de marxismo.
    Então ouvindo a entrevista quem não viveu aquela época como cidadão comum e não como guerrilheiro ou agente do estado fica com idéia que Mariguella era uma Vestal namoradeira, (até das mulheres de seus amigos- talvez venha daí a pratica do elogio as aventuras amorosas e corruptas do atual mito /icone Lulla-
    Então esta Vestal pura e sorridente era nada mais que um praticante da paz e do amor que vivia rodeado de piedosos frades por ele repreendidos quando praticavam o pecado de andar armados. E, coitado persseguido pelos militares saguinários que não gostavam de namoradores e de Vestais puras e imaculadas.
    O machismo da época, quando praticado de pessoas não comunista ou de esquerda é boçalidade e abuso. Quando praticado pelo pessol de esquerda é amor sublime amor.elogiavel e justificado
    Se isso não for revisonismo barato sem direito ao contraditório perdeu-se em nossa terra o sentido de busca da verdade.
    Ressalto o autor é inteligente e o livro deve ser bom, mas pelo que ouvi na entrevista deve trazer o ranço revisionista comunizado (espero que não) dos atuais formadores de opinião e donos do poder no Brasil.

  2. Emerson Paranhos

    Zé, se você não publicar esta opinião tenha certeza de minha compreesão, e, o apreço continuará o mesmo. Porém li este relato e me impressionou. Bate com o que diz um amigo engenhiro que trabalhou no porto de Marile em Cuba, o qual relata a tristeza da protiutição cubana.( que pena!!!!!finalmente segundo o Fidel Cuba trinha deixado de ser o Bordel dos EUA). Vai aqui a titulo de informaão e por incrivel que pareça tem tudo a ver com o que o Mariguela propunha para o Brasil então tem tudo a ver com a entrevista.
    NÃO SE ILUDAM, O BRASIL VAI SE TRANSFORMAR NUMA GRANDE CUBA!
    A VISÃO DE CUBA PELO JORNALISTA JUREMIR MACHADO DA SILVA
    “O JORNALISTA JUREMIR, FEZ PARTE DA COMITIVA DO GOVERNADOR TARSO GENRO, QUE FOI A CUBA, AGORA NO MÊS DE OUTUBRO 2012, OFERECER MÁQUINAS AGRÍCOLAS FABRICADAS NO RIO GRANDE DO SUL, FINANCIADAS PELO BNDES.
    JUREMIR É COLUNISTA DO JORNAL “CORREIO DO POVO” DE PORTO ALEGRE E
    ESCRITOR. ÀS VEZES, NÃO CONCORDO COM O CONTEÚDO DE SUAS CRÔNICAS, POIS, COMO ELE DIZ TER, OU MELHOR, TINHA, PENSAMENTO DE ESQUERDISTA. MAS FIQUEI SURPRESO COM SEU DIÁRIO DE VIAGEM À CUBA RETRATANDO A VERDADEIRA SITUAÇÃO DAQUELE COITADO POVO QUE VIVE DO FAZ-DE-CONTA QUE SE ALIMENTA, QUE TEM DIGNIDADE DE VIDA, QUE PODE VIAJAR, ETC., ENFIM O POVO CUBANO VIVE, COM TODOS OS SENTIDOS DO SER HUMANO, NUMA I L H A
    !!!!”
    CUBA, O INFERNO NO PARAÍSO.
    JUREMIR MACHADO DA SILVA
    CORREIO DO POVO, PORTO ALEGRE (RS)
    NA CRÔNICA DA SEMANA PASSADA, TENTEI, PELA MILÉSIMA VEZ, ADERIR AO COMUNISMO. USEI TODOS OS CHAVÕES QUE CONHECIA PARA JUSTIFICAR O PROJETO CUBANO. NÃO DEU CERTO. DEPOIS DE 11 DIAS NA ILHA DE FIDEL CASTRO, ENTREGUEI DE NOVO OS PONTOS.
    O PROBLEMA DO SOCIALISMO É SEMPRE O REAL. ESTÁ CERTO QUE AS UTOPIAS SÃO VIRTUAIS, O NÃO-LUGAR, MAS TANTO PROBLEMA COM A REALIDADE INVIABILIZA QUALQUER ADESÃO. VOLTO CHOCADO: CUBA É UMA FAVELA NO PARAÍSO CARIBENHO.
    NÃO FIQUEI TRANCADO NO MUNDO CINCO ESTRELAS DO HOTEL HABANA LIBRE. FUI
    PARA A RUA. VI, OUVI E ME ESTARRECI. EM 42 ANOS, FIDEL CONSTRUIU O INFERNO AO ALCANCE DE TODOS. EM CUBA, ATÉ OS MÉDICOS SÃO MISERÁVEIS.
    NINGUÉM PODE QUEIXAR-SE DE DISCRIMINAÇÃO. É AINDA PIOR. OS CUBANOS GOSTAM DE UMA FÓRMULA CRISTALINA: ‘CUBA TEM 11 MILHÕES DE HABITANTES E 5 MILHÕES DE POLICIAIS’. UM POLICIAL PODE GANHAR ATÉ QUATRO VEZES MAIS
    DO QUE UM MÉDICO, CUJO SALÁRIO ANDA EM TORNO DE 15 DÓLARES MENSAIS.
    JOSÉ, PROFESSOR DE HISTÓRIA, E MARCELA, SUA COMPANHEIRA, MORAM NUM CORTIÇO, NO CENTRO DE HAVANA, COM MAIS DEZ PESSOAS (EM OUTROS CHEGA A 30). NÃO HÁ MAIS ÁGUA ENCANADA. CALOROSOS E NECESSITADOS DE TUDO,
    QUEREM SER OUVIDOS. JOSÉ TEM O DOM DA SÍNTESE: ‘CUBA É UMA PRISÃO, UM CÁRCERE ESPECIAL. AQUI JÁ SE NASCE PRISIONEIRO. E A PENA É PERPÉTUA. NÃO PODEMOS VIAJAR E SOMOS VIGIADOS EM PERMANÊNCIA. TENHO UMA VIDA TRIPLA: NAS AULAS, MINTO PARA OS ALUNOS. FAÇO A APOLOGIA DA REVOLUÇÃO. FORA SEI QUE VIVO UM PESADELO. ALÍVIO É ARRANJAR DÓLARES COM TURISTAS’.
    JOSÉ E MARCELA, ARIEL E JULIA, PACO E ADELAIDA, ENTRE TANTOS COM QUEM FALAMOS, PEDEM TUDO: SABÃO, ROUPAS, LIVROS, DINHEIRO, PAPEL HIGIÊNICO, ABSORVENTES. COMO NÃO PODEM ENTRAR SOZINHOS NOS HOTÉIS DE LUXO QUE DOMINAM HAVANA, QUANDO CONVIDADOS POR TURISTAS, NÃO PERDEM TEMPO: ENCHEM OS BOLSOS DE ENVELOPES DE AÇÚCAR. O SISTEMA DE LIVRETA, PELO QUAL OS CUBANOS RECEBEM DO GOVERNO UMA ESPÉCIE DE CESTA BÁSICA,
    GARANTE COMIDA PARA UMA SEMANA. DEPOIS, CADA UM QUE SE VIRE. CARNE É UM PRODUTO IMPENSÁVEL.
    JOSÉ E MARCELA, AINDA ASSIM, QUISERAM MOSTRAR A CASA E SERVIR UM ALMOÇO DE DOMINGO: ARROZ, FEIJÃO E ALGUNS PEDAÇOS DE FÍGADO DE BOI.
    UMA FESTA. CULPA DO EMBARGO NORTE-AMERICANO? RESULTADO DA QUEDA DO LESTE
    EUROPEU? JOSÉ NÃO VACILA: ‘PARA QUEM TEM DÓLARES NÃO HÁ EMBARGO. A CRISE DO LESTE TROUXE UM AGRAVAMENTO DA SITUAÇÃO ECONÔMICA. MAS, SE CUBA É UMA DITADURA, ISSO NADA TEM A VER COM O BLOQUEIO’.
    CUBA TEM QUATRO CLASSES SOCIAIS: OS ALTOS FUNCIONÁRIOS DO ESTADO, CONFORTAVELMENTE INSTALADOS EM MIRAMAR; OS MILITARES E OS POLICIAIS; OS EMPREGADOS DE HOTEL (QUE RECEBEM GORJETAS EM DÓLAR); E O POVO. ‘PARA
    TER UM EMPREGO NUM HOTEL É PRECISO SER FILHO DE PAPAI, SER PROTEGIDO DE UM GRANDE, TER INFLUÊNCIA’, EXPLICA RICARDO, ENGENHEIRO QUE VIROU MECÂNICO E GOSTARIA DE SER MENSAGEIRO NOS HOTÉIS LUXUOSOS DE REDES INTERNACIONAIS.
    CERTA NOITE, NUMA RODA DE NOVOS AMIGOS, BRINCO QUE, QUANDO VISITO UM PAÍS PROBLEMÁTICO, O REGIME CAI LOGO DEPOIS DA MINHA SAÍDA. RESPONDEM EM UNÍSSONO:
    ‘VAMOS TE EXPULSAR DAQUI AGORA MESMO’. PERGUNTO POR QUE NÃO SE REBELAM, NÃO PROTESTAM, NÃO MATAM FIDEL? EXPLICAM QUE FORAM EDUCADOS PARA O MEDO, VIVEM NUM ESTADO TOTALITÁRIO, NÃO TÊM UM LÍDER DE OPOSIÇÃO E NÃO SABERIAM ATACAR COM PEDRAS, À MODA PALESTINA. PROMETEM, NO EMBALO DAS PIADAS, SUBSTITUIR TODAS AS FOTOS DE CHE GUEVARA ESPALHADAS PELA ILHA POR UMA MINHA SE EU ASSASSINAR FIDEL PARA ELES.
    QUERO EXPLICAÇÕES, DEFINIÇÕES, MAIS LUZ. RESUMEM: ‘CUBA É UMA DITADURA’. PEÇO DEMONSTRAÇÕES: ‘AQUI NÃO EXISTEM ELEIÇÕES. A
    DEMOCRACIA PARTICIPATIVA, DIRETA, POPULAR, É UM FACHADA PARA A MANIPULAÇÃO. NÃO TEMOS CAMPANHAS ELEITORAIS, SÓ TEMOS UM PARTIDO, UM JORNAL, DOIS CANAIS DE TELEVISÃO, DE PROPAGANDA, E, SE FIZÉSSEMOS UM DISCURSO EM PRAÇA PÚBLICA PARA CRITICAR O GOVERNO, SERÍAMOS PRESOS NA HORA’.
    RICARDO ALARCÓN APARECE NA TELEVISÃO PARA DIZER QUE O SISTEMA ELEITORAL DE CUBA É O MAIS DEMOCRÁTICO DO MUNDO. OS TELESPECTADORES RIEM: ‘É O BRAÇO DIREITO DA DITADURA. O PARTIDO INDICA O CANDIDATO A DELEGADO DE UM DISTRITO; CABE AOS MORADORES DO LUGAR CONFIRMÁ-LO; A PARTIR DAÍ, O POVO NÃO INTERFERE EM MAIS NADA. OS DELEGADOS CONFIRMAM OS DEPUTADOS; ESTES, O CONSELHO DE ESTADO; QUE CONSAGRA FIDEL’.
    MAS E A EDUCAÇÃO E A SAÚDE PARA TODOS? ARIEL EXPLICA: ‘TEMOS ALFABETIZAÇÃO E PROFISSIONALIZAÇÃO PARA TODOS, NÃO EDUCAÇÃO. SOMOS FORMADOS PARA LER A VERSÃO OFICIAL, NÃO PARA A LIBERDADE.
    A EDUCAÇÃO SÓ EXISTE PARA A CONSCIÊNCIA CRÍTICA, À QUAL NÃO TEMOS DIREITO. O SISTEMA DE SAÚDE É BOM E GARANTE QUE VIVAMOS MAIS TEMPO PARA A SUBMISSÃO’. JOSÉ MOSTRA-ME AS PROSTITUTAS, DÁ OS PREÇOS E DIZ QUE NINGUÉM AS CONDENA:’ESTÃO AJUDANDO AS FAMÍLIAS A SOBREVIVER’. POR UMA DE 15 ANOS, ESTUDANTE E BONITA, 80 DÓLARES. QUATRO VELHAS NEGRAS OLHAM UMA TELEVISÃO EM PRETO E BRANCO, CUJA IMAGEM NÃO SE FIXA. TENTAM VER ‘FORÇA DE UM DESEJO’. UMA DELAS JUSTIFICA: ‘SÓ TEMOS A MACUMBA (SANTERÍA) E AS NOVELAS COMO ALENTO. FIDEL JÁ NOS TIROU TUDO. TOMARA QUE NOS DEIXE AS NOVELAS BRASILEIRAS’. ANTES DA PARTIDA, JOSÉ EXIGE QUE EU ME COMPROMETA A TER CORAGEM DE, AO CHEGAR AO BRASIL, CONTAR A VERDADE QUE ME ENSINARAM: EM CUBA SÓ HÁ ‘RUMVOLTADOS’.

  3. AMAURI

    … umas das melhores postagens sobre a nossa história. Meus parabens Zé Beto. Verdadeira contribuição para a cultura .

  4. Zé do povo

    O Emerson de bordão em bordão maniqueísta.

    Provas de que ocorreu a destruição de documentos oficiais não faltam, desde depoimentos de ex-agentes da repressão, até provas documentadas pela própria imprensa, como foi o crime cometido na Bahia:
    “Documentos produzidos por órgãos de informação da Aeronáutica, da Marinha, do Exército e de outras instituições ligadas à repressão foram incinerados na Base Aérea de Salvador. Foi o que mostrou ontem reportagem do “Fantástico”, da Rede Globo. O programa exibiu 78 fragmentos de fichas, prontuários e relatórios produzidos ou recebidos pela Base Aérea. Os papéis datam de 1964, quando instalou-se a ditadura militar no Brasil, até 1994, época em que o país já vivia em regime democrático. De O GLOBO, 13/12/2004.”
    Em seu infeliz discurso o “casto” Emerson mistura comparativos entre os crimes hediondos cometidos por agentes do Estado (assassinatos de presos, torturas, sequestros, cárceres privado, estupros, etc.), com a questão de Marighella ter sido um namorador ou não, como se desse para nivelar tais atos tão diferenciados.
    Para ele que quando se refere a Cuba se trasveste da falácia do direito de ir e vir como o principal para a sociedade brasileira, tal qual fosse aqui um “mundo livre”, onde isto fosse direto natural de toda população, composta em sua maior parte de escravizados pobres ou miseráveis, o fato do Marighella ter viajado a China ou a Rússia é um “crime”, coisa condenável, mas sobre a ida oficial de agentes e militares brasileiros a Escola das Américas para aprenderem técnicas de torturas ele não fala nada.
    O PCB, partido ao qual o Marighella pertencia até ocorrer o golpe de 64, tinha a muito a linha pacífica como forma de atingir o socialismo. Alguns segmentos do partido romperam e assumiram a luta armada como forma de derrubar a ditadura somente após o regime de terror de estado ser implantado. Mais de 100.000 brasileiros foram perseguidos, fichados, detidos, presos, torturados, etc., e a maioria absoluta destes não pegaram em armas.
    Daí ele parte para acusar a Rússia e seu líder Stalin como se este pais tivesse sido o “eixo do mal”, e não a maior vítima da segunda guerra mundial, com seus mais de 26 milhões de mortos. A Ucrânia, parte da URSS também sofreu com os horrores da grande guerra, e nela morreram não 7 milhões, mas sim 8 milhões de ucranianos: A Ucrânia pagou o maior preço para a vitória.

    As perdas demográficas gerais da Ucrânia – incluindo mortos, vítimas dos campos de concentração, deportados, evacuados e aqueles que foram para o exílio com os nazistas- é pelo menos 14 milhões de pessoas. Estas perdas são os maiores e não têm a comparação com as perdas de outros países e nações na Segunda Guerra Mundial.

    De fato, a perda do povo ucraniano é de 40 a 44% das perdas totais humanas da URSS. De 41,7 milhões de pessoas que viviam antes da guerra na Ucrânia, em 1945 permaneceu apenas 27,4 milhões.

    720 cidades ucranianas, 28 000 aldeias dos quais 250 foram queimados totalmente, 16 500 empresas industriais, 18 mil estabelecimentos de saúde, 33 mil escolas, etc.tornaram-se ruínas.

    Voltando a Cuba, que com certeza não é nenhum paraíso, pois este não existe em nenhum lugar do mundo, até parece que é só lá que se pratica a profissão mais antiga do mundo. A prostituição não é um “privilégio” dos cubanos, ela é praticada em todos os pontos do planeta.

    Cuba é pobre, mas seu povo não passa fome, tem acesso a educação e a uma saúde pública de qualidade, e aqui, ou até mesmo nos EUA, como vivem os pobres?

    Emerson, você em seu proselitismo barato é um poço transbordando de falácias!

  5. Emerson Paranhos

    Hum…. ficou brabinho heim Zé do Povo !!!vai pescar!!!!A verdade dói e a reação é instantanea. O patrulhamento vem com toda força. Tá aí. Não vou polemizar, mas para encerrar discussão sem sentido. Os 7 milhões de mortos a que me referi, são os ocorridos de 1932 a 1938, NÃO CITEI OS DA GUERRA. Guerra esta em que até 1941 os comunistas eram aliados dos Nazistas, (eita aliancinha inacreditável) alíás, a diferença entre eles é que os nazistas chacinavam também por racismo e os comunistas bonzinhos assassinavam principalmente motivados pela tal luta de c lasses – Isto é o decálogo de Lenin manda matar no minimo 10% da população para eliminar aquilo que chamam de burguesia.
    Daí as chacinas em todos os paises onde eles tomaram o pode inclusive na Cuba do Zé do povo.
    Ir a Rússia, Cuba, China nunca foi crime, pelo que sei crime é os cidadãos de lá sairem destes países.
    Agora, ir lá treinar guerrilha, terrorismo, com a promessa de tornar o Brasil um novo Vietnã, isto só na cabeça do Guevara e outros infelizes.
    Existem provas dos estágios dos terroristas em Cuba, China e Rússia muito antes de 64, com fotos de 1961, (eles treinando guerrilha, e para lá mandados pelos Marihuelas da vida.) -
    Então esta catilinária de luta contra a ditadura é uma falácia.
    O QUE QUERIAM ERA IMPLANTAR NO BRASIL UMA DITADURA DO PROLETÁRIADO A QUALQUER CUSTO. GRAÇAS A DEUS NÃO CONSEGUIRAM. Começaram matando gente dormindo em 35 e depois, bem depois até que tentaram
    Você se engana quando diz que os cubanos não passam fome.
    A matéria sobre Cuba que eu citei não é minha é de um jornalista gaucho (ex comunista)que esteve lá recentemente em uma comitiva do Gov gaúcho.
    Engenheiro amigo meu vindo de Cuba onde passou 02 anos trabalhando no porto de Mariel te desmente, a fome lá é cruel.
    Seria bom você entrevistar um jogador cubano de um time de voley de Belo Horizonte recentemente entrevistado pela Globo. o qual estava do lado da esposa liberada para vir ao Brasil, porém o filho recém nascido teve que ficar com os avós como garantia de retorno…eita PARAÍSO BOM, este paraíso comunista.
    Ô Zé do povo, cuidado com sua raiva…cuidado ao enfrentar a verdade …pois você como teu ídolo, o terrorista assassino Mariguela pode ficar louco!!!!
    Só mais uma pergunta: da onde você tirou este número de 100.000 detidos????deve ser da mesmo fonte que diz que os cubanos estão no paraíso. Ou daquele teu coleguinha intelectual que anda dizendo ter havido toque de recolher em Curitiba na década de 1970 e que em diversas 6ª feiras as 1800 hs havia fuzilamento na praça 19 de dezembro usando o mural do Poti como anteparo e o motivo da escolha do local seria a proximidade da então Siderurgica Muller para cremar os corpos- Pô Cara… tem dó, vá mentir assim em Cuba!!!!!!Daquele tempo tenho excelentes recordações do bar do Pasquale no Passeio Público – e toque de recolher, execuções só na cabeça de gente mentirosa….Vai ver que foi lá que foram detidos 100.000 ou isto é índice para a Bolsa Ditadura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>