8:07De bicicleta

por  Sergio Brandão

A RPC colocou no ar um filminho incentivando o uso da bicicleta. Ele conta a história de um pai e de uma mãe que vão buscar o filho na escola. O pai de bicicleta e a mãe de carro. A ideia é incentivar o uso da bike, mostrando que  o pai, com a bicicleta, chega antes. Me digam: quem de nós terá coragem, no horário de pico, de colocar o filho numa roubada destas? Uma coisa é o uso da bicicleta, que precisa mesmo ser incentivado, mas para isso, primeiro é preciso conscientizar, trabalhar a cabeça do motorista e, quem sabe, daqui a uns belos anos a gente possa finalmente levar as crianças para a escola de bike. Eu uso bicicleta e pedalo há mais de 12 anos pelas ruas e estradas e sei do que falo. Estamos longe do mínimo de respeito que precisa haver entre os dois. Colocar minha filha numa bike neste trânsito maluco é abrir a porta para o pior. Passeio com ela nos finais de semana, por onde as ciclovias me permitem. Enquanto não houver ciclofaixas, ciclovias e uma campanha séria para conscientizar ciclistas e motoristas, não encaro um trajeto que não me permita outra opção que não seja peitar carros e gente maluca que mais parece brincar de fliperama e não dirigir. Se a RPC adota a campanha do prefeito Fruet, estou nesta, mas o caminho é outro e ele passa bem longe do que colocaram no ar. O assunto é mais sério do que pensam – e precisa ser tratado desta forma. O prefeito sabe disso. A RPC parece que não.

4 ideias sobre “De bicicleta

  1. Peter Zero

    Não há bom senso dos dois lados, a maioria dos ciclistas e motoristas desrespeitam as regras básicas de convivência, além de ambos atentarem contra os pedestres. Fui ciclista por bom tempo, agora resido no centro de Curitiba e abandonei o hábito, no entanto, jamais usei a calçada montado na magrela, coisa que parece ser regra do ciclista curitibano. Sinceramente esperava mais consciência de ambas as partes, pena que vai demorar alguns pares de anos para isso ocorrer.

  2. Roberto Bertholdo

    Sergio Brandão,
    Parabéns pelo pertinente e importante ponto de vista. Eu também não deixaria meus filhos irem a escola de bicicleta, na situação atual do trânsito, especialmente considerando os maus hábitos de nossos motoristas. Nenhum de nós motoristas está preparado para receber ciclistas nas ruas. A implantação de ciclovias, a obrigatoriedade de uso de equipamentos de segurança e a educação dos motoristas terá que anteceder o massivo uso deste meio de transporte. O prefeito deve saber disso e a RPC, se quer mesmo colaborar, deve se articular com o poder público para que essa campanha seja bem recebida e aproveitada.

  3. Jeremias, o bom

    Só tem diabinhos nessa história. Não há anjinhos.

    Motoristas cafajestes. Ciclistas cafajestes. É o que mais se vê.

    Enquanto isso eu aqui na praça, dando milho aos pombos.

  4. Dilas

    No trânsito, o maior cuida do menor. E todos respeitam as regras. E ponto final. Vírgula, falta de educação e falta de respeito matam mais que todas as infrações reunidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>