9:20Ticão, adeus

Da Gazeta do Povo e Jornal de Londrina:

Morre Ticão, olheiro do Atlético

Observador foi o responsável por levar atletas como Kleberson, Dagoberto, Fernandinho e Jadson ao Rubro-Negro

O futebol perdeu nesta quarta-feira (9) a sintonia fina para achar jovens talentos de Aliomar Rodrigues Mansano, o Ticão. O ex-olheiro de Atlético, Cruzeiro e PSTC (de Londrina) morreu, aos 65 anos, de infarto agudo do miocárdio, em Curitiba.

Ele estava internado há cinco dias no Hospital Nossa Senhora das Graças, com problemas circulatórios, e havia passado por uma cirurgia há cinco meses.

Ticão deixa como legado as descobertas de jogadores como Kleberson, Dagoberto, Fernandinho e Jadson, todos com passagem pelo Atlético e seleção brasileira.

O prestígio no PSTC fez com que Ticão também fosse contratado pelo rubro-negro em 2003, como observador técnico das categorias de base do Furacão. Ficou até o início de 2009. Ticão voltou para o Atlético no final do ano passado, pelas mãos do presidente Mario Celso Petraglia, de quem era amigo.

A notícia da morte de Ticão pegou muitos de surpresa. O presidente do PSTC, Mario Iramina, disse que o olheiro foi figura importante no processo de consolidação do PSTC como um clube formador de jogadores.

“Ele fez um trabalho muito importante no PSTC, tanto que revelou vários talentos no cenário esportivo. A gente fica muito entristecido com essa notícia”, comentou.

A tia do meia Fernandinho, do Shakhtar Donetsk, Aparecida Conceição Roza, lembrou da importância de Ticão para o sucesso da carreira do sobrinho.

“Ele foi um dos que ajudaram na ida do Fernando para o Atlético, e mesmo no PSTC deu uma ajuda muito grande. Foi uma pessoa que sempre acompanhou o Fernandinho de perto”, disse ela. Fernandinho chegou a visitar Ticão quando esteve em Londrina, há duas semanas, antes de retornar para a Ucrânia.

Pelo twitter, ele e Jadson lamentaram muito a perda do “segundo pai”. “Que você descanse em paz, meu amigo, meu pai, meu parceiro e muito obrigado por você ter existido em minha vida!!!”, escreveu Jadson, meia do São Paulo. “O futebol paranaense perdeu o homem que tinha olhos de águia”, homenageou Fernandinho, também no microblog.

Por meio de nota no site oficial, o Atlético prestou condolências aos amigos e familiares de Ticão e agradeceu “pela dedicação durante anos de trabalho no Rubro-Negro”.

O velório e enterro foi programado pela família para a quinta-feira (10) em Londrina.

2 ideias sobre “Ticão, adeus

  1. Amanda

    O Ticão não era só um olheiro, com olhos de lince, ele também era uma pessoa maravilhosa de um coração enorme.
    Somente quem conheceu a pessoa de Ticão sabe o ser- humano maravilhoso que ele era.
    Minha mãe trabalhou durante anos com ticão, no LEC e No PSTC, minha minha mãe tia Nair( cozinheira) muito amiga do ticão sempre nos lembrou de tudo que fez por nós.
    Por muitas vezes Ticão matou minha fome e a dos meus irmãos, somos gratos por ter conhecido este homem maravilhos
    Suas brincadeiras vai estar sempre em nossas memórias, é uma pessoa que me viu nascer, crescer e me tornar mãe.
    hOJE CHORO A MORTE DE UM PAI, Sentirei muito a sua falta

  2. Mario

    Perdemos mais que um amigo, perdemos um irmao de fé, de fidelidade, de trabalho, de resultados, de conversas, de companheirismo de tantas coisas que faz a dor da perda ser tão grande que só o tempo, quem sabe, poderá ajudar a diminuir…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>