20:00Empossados!

Da assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Curitiba:

Vereadores e prefeito tomam posse na Câmara

Os 38 vereadores eleitos para o mandato de  2013 a 2016  tomaram posse nesta terça-feira (1º), em sessão solene de instalação da 16ª Legislatura, na Câmara Municipal de Curitiba. A cerimônia, realizada com Mesa provisória, foi presidida pelo vereador mais votado, Cristiano Santos (PV),  e secretariada pela vereadora reeleita Noemia Rocha (PMDB).  A  vereadora Julieta Reis (DEM) fez a saudação oficial, em nome dos empossados.

A parlamentar ressaltou o compromisso de governabilidade assumido pelos vereadores eleitos  com o novo prefeito e também destacou a importância da Casa e da “coesão social que as parcerias dos dois poderes dividem em responsabilidades para com a população”.  Sem esquecer os pontos negativos pelos quais o Legislativo passou, Julieta Reis enalteceu “os pontos positivos com os quais os novos vereadores irão trabalhar”.

Logo após prestarem o compromisso legal, de acordo com a Lei Orgânica do Município e o Regimento Interno da Casa, os 38 eleitos assinaram o termo de posse,  para então, na sequência,  terem condições de  dar posse ao  prefeito eleito, Gustavo Fruet (PDT), e à vice, Mirian Aparecida  Gonçalves (PT).

Nova sessão solene foi aberta,   ainda presidida pelo vereador Cristiano Santos. Seguindo o que determina a Lei Orgânica do Município, Fruet e sua vice  fizeram a   entrega das declarações de bens e prestaram o compromisso legal de desempenhar as funções dos cargos para os quais foram eleitos  “com lealdade, patriotismo e cumprimento às constituições Federal, do Estado e do Município”. Assinado o termo de posse, o vereador Tito Zeglin (PDT) fez a saudação oficial em nome da Câmara Municipal. Elogiou a integridade do prefeito eleito, que teve origem no exemplo deixado pelo pai, Maurício Fruet. Zeglin também detalhou a expectativa dos vereadores e população para com o governo de Gustavo Fruet. Disse que “a nova administração municipal precisa ser fundamentada em sólida gestão de políticas públicas, em desenvolvimento sustentável, planejamento vinculado com os municípios da região metropolitana, investimentos que melhorem a qualidade de vida dos habitantes e, o mais importante, transparência total dos atos públicos”.

Já empossado, Fruet  disse em seu pronunciamento oficial que “vai manter uma relação saudável e respeitosa com os vereadores, discutindo todas as prioridades”.  Há exatos 17 anos, o novo prefeito assumia, em 1º de janeiro, o cargo de vereador. Agora, como mandatário do município, está ciente  que assume para “um novo ciclo de administração, onde o modelo de gestão não permitirá distanciamento dos objetivos priorizados na campanha política”.

Ciente desta responsabilidade, Fruet pediu um prazo de 100 dias para avaliação de gestão. Neste período, o novo prefeito afirmou que vai  “verificar os contratos e dívidas da prefeitura com serenidade e bom senso”. Gustavo Fruet  adiantou que, num “acordo com o governo federal”, se comprometeu a concluir as obras previstas pelo PAC da Copa para “que a cidade não seja prejudicada”.

Todas as dependências do prédio histórico da Câmara Municipal ficaram lotadas. Autoridades dos diversos segmentos prestigiaram a posse dos vereadores e do prefeito Gustavo Fruet.
Biografia
Eleito  com 597 mil  votos,  equivalente a 60,65%, pela Coligação Curitiba Quer Mais (PDT, PT e PV), Um caminho para o desenvolvimento,   Gustavo Fruet  assume o Palácio 29 de Março para um mandato previsto até 31 de dezembro de 2016. Fruet ingressou na política  em 1995, seguindo exemplo do pai, Maurício Fruet, ex-prefeito de Curitiba. Assumiu no ano seguinte o mandato de vereador. É advogado com mestrado e doutorado na área e cumpriu três mandatos como deputado federal.
A vice, s advogada Mirian Aparecida Gonçalves,    aprofundou sua formação acadêmica  em Direitos Humanos em Huelva, na Espanha, e  adquiriu o título de mestre em Direito das Relações Sociais pela UFPR. Lutou contra a ditadura militar e ajudou a fundar o PT na década de 80. Sua atividade  de 30 anos  na advocacia trabalhista a tornou  sócia fundadora do Escritório de Advocacia e Defesa da Classe Trabalhadora, o Declatra.

2 ideias sobre “Empossados!

  1. Didi Mocó

    Os que continuaram no poder, meus votos que sejam condenados por omissão pelos mais de 40 milhões desviados. Aos novos, por favor, não se deixem contaminar !!!!

  2. Flávius

    Alguém pode explicar o que é “aquilo” que foi feito na mesa dirigente da Câmara Municipal? Quem foi o(a) autor(a) do projeto de “modernização/reforma”? O que tem à ver o “monumento”, “paredão”, “tapume” com a arquitetura histórica da Câmara Municipal? Quem foi o “gênio” que aprovou “aquilo”? E por último, mas não menos importante: quanto custou? Aguardo esclarecimentos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>