7:44A chacoalhada federal

Na terça-feira passada os principais agentes envolvidos na realização da Copa do Mundo em Curitiba foram chamados para uma reunião no Ministério Público Federal. A procuradora encarregada do monitoramento ficou pasma com o relato ouvido. O atraso das obras, algumas que nem projeto tem, como o do terminal do aeroporto, fez com que ela elevasse o tom da conversa. Ela pode chamar a qualquer momento os responsáveis e marcou outro encontro coletivo para fevereiro. Foi mais longe: disse com todas as palavras que os presentes tinham assinado compromissos e que, se estes não forem cumpridos, poderiam ser processados por improbidade administrativa. O fato de os secretários representantes do Governo do Estado e da Prefeitura terem mandados representantes não agradou nada a procuradora. Há quem acredite que essa chacoalhada, dada provavelmente porque Brasília deu um ultimato, ajudou na resolução do caso do estádio. Isso porque, no meio da conversa, a representante do Ministério Público Federal foi clara ao afirmar: “Se o estádio não ficar pronto, nada disso vai existir”.

4 ideias sobre “A chacoalhada federal

  1. Gasparzinho

    Os representantes do Estado e do Município só são competentes na hora de levar bronca: aí desaparecem! Mas para sair na fotografia são ligeiros. E como gostam!

  2. antonio carlos

    Também queremos o quê, só puseram a companheirada para tratar de assunto sério. Um porque é torcedor fanático do Trétis, outro porque é amigo do primeiro, que é amigo do governador. E outro porque é amigo do prefeito. Isto sem falar daquela gentalha da Câmara de Vereadores, que não consegue enxergar um palma na frente sem pensar no retorno que isto vai trazer-lhes. Aí pensam que todo mundo é idiota, mas nem todo mundo é idiota. Só podia dar no que deu. ACarlos

  3. F.s

    Ué, mas pensei que era só as obras do PAC (federal) que atrasavam. Achei que os tucanos eram ótimos cumpridores de prazo, já que são tão críticos em relação ao PT.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>