8:08Nas asas da resposta

A tascada da reportagem da Gazeta do Povo sobre o vôo pago por uma empresa para que o governador Beto Richa conhecesse, na sexta-feira passada, a pista onde aconteceu a corrida “500 milhas de kart”, no Parque Beto Carrero, foi assimilada no Centro Cívico como parte do jogo político que se desenha para 2014 e resultou na busca imediata nos arquivos sobre o mesmo assunto sobre personagens do outro lado da trincheira. Resultado: uma reportagem da revista Época de 2010 onde os ministros Gleisi Hoffmann e Paulo Bernardo são passageiros do avião de uma empreiteira para viajar pelo país. Era um turboélice King Air, prefixo PR-AJT pertencente à construtora Sanches Tripoloni.  O fio da meada foi puxado do arquivo e as respostas dadas pelos protagonistas, como as oficiais de agora, ignoradas. A campanha de Gleisi ao Senado, a construção do Contorno Norte em Maringá, um parecer do TCU, um problema de idoneidade da empresa que cedeu o avião, e uma contribuição à campanha de Gleisi foram ressaltados. Isso é política!

3 ideias sobre “Nas asas da resposta

  1. prado

    olha, que isso é uso e abuso do cargo público e que deixa, no mínimo, indicios de imparcialidade para com a função pública, é fato. No entanto, nessa discussão do sujo e do mal lavado, o PSDB tem e continua a perder……a grande maioria da população pensa assim: é o rouba mas faz ( incluindo eu, sem demagogia e utopismo)…o PSDB não faz pra população…por isso o mensalão e outros escandalos são fodas mas não tiram a popularidade do lula e dilma….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>