Uma ideia sobre “PARA NUNCA ESQUECER

  1. Parreiras Rodrigues

    Um grande patrão, também. Quanta gente trabalha com ele há tanto tempo.

    Em 1985 fui fazer reportagem sobre o fim do garimpo de Peixoto de Azevedo, MT, prá lá de Colíder, quase na divisa com Rondônia. Aproveitamos, eu e uns amigos pruma pescadinha no Teles Pires. Estavam construindo a ponte para Alta Floresta. Do lado de cá tinha um camarada que tocava uma lanchonete no barranco matogrossense. pé da ponte. Ele me contou que tinha trabalhado na fazenda Tamakavi do senior Abranavel SS. As casas dos colonos todas em alvenaria, todas mobiliadas com tv, geladeira, lava-louça, lavadeira de roupa, ferro de passar, frezzer. Os empregados todos registrados e com ganhos sempre acima do salário, mais assistência médica, odontológica, o caraio.
    Um grande brasileiro, o SS!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>