12:14Bicicleta de emoções

Bicicleta de Alex no segundo gol do Paraná Clube contra o São Caetano - Foto de Albari Rosa/Gazeta do Povo

O momento mágico que remete à famosa imagem de Pelé no Maracanã. Não importa se na imagem acima há mais jogadores “sujando” a paisagem, mesmo porque nem poderia ser diferente, o lance que originou o gol da virada do Paraná Clube começou com a cobrança de um escanteio e a zona do agrião estava lotada. Alex Alves foi perfeito no tempo da bola, na batida com o peito do pé esquerdo, e ela foi direto para baixo, impossível de ser defendida, pois rumou para o canto direito do goleiro e tocou a grama sagrada pouco antes da chamada linha fatal. Lances assim nos fazem acreditar em divindades a iluminar naquele momento estes privilegiados jogadores. Com Pelé era diferente porque Rei, Deus da bola, ou a própria bola, como poderia ter nascido, segundo as palavras do poeta Armando Nogueira. Mas numa noite fria de Curitiba, com dois times lutando na segunda Divisão, de repente, no momento certo, um gol com esta plasticidade que eterniza o momento e será carregada no coração do autor e de quem viu, ah, isso soterra os idiotas da obviedade, faz Nelson Rodrigues aplaudir de onde estiver, abre o sorriso do João Saldanha, faz brilhar o olhar de Tostão, e os que podem assistir ao lance várias vezes vão sorrir feito meninos que ganham a primeira bola na vida. Confiram:

http://www.youtube.com/watch?v=pzNgKWpUohA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>