9:17O vídeo da Sanepar, o autor e o que vem por aí

O jornalista curitibano Kiko Gemael é o autor do vídeo sobre a estação de tratamento de esgotos do Rio Belém que ontem entrou na rede mundial de computadores através do Youtube (http://youtu.be/Af2-GyyZsFE), conforme revela hoje Celso Nascimento em sua coluna da Gazeta do Povo (ver link abaixo). Ele fez sob encomenda da própria Sanepar em 2006 – e com a ação da Polícia Federal em conjunto com o Ibama na semana passada, que escancarou a denúncia do problema de poluição no Rio Iguaçu pela própria empresa, se sentiu desobrigado a manter o sigilo. O que não foi ainda divulgado é que Gemael vai encaminhar o video (embora agora público) para o Observatório Social do Brasil – que faz um belo trabalho de moralização das coisas públicas em 60 cidades brasileiras. Motivo, segundo o jornalista: “Para que possa ser base para uma ação prática”. Para não esquecer que o vídeo revela: em 2006 havia 12 anos  que não se fazia investimento na estação. Se não mudou nada, o problema agora é muito maior. Em 2006 a estação tratava 70% do esgoto que chegava – e o resto ia para o rio. A estação recolhia cerca de 50% de todo o esgoto de Curitiba. Juntando lé com cré, o despejo in natura aumentou no rio aumentou. A conferir.

http://www.gazetadopovo.com.br/colunistas/conteudo.phtml?tl=1&id=1300789&tit=Esgotos-uma-historia-de-omissoes

16 ideias sobre “O vídeo da Sanepar, o autor e o que vem por aí

  1. fabio

    Maravilha Kiko. É isso aí. Não sabia que você estava na campanha, achei que estava em SP. Quem bom que está de novo conosco,vamos acabar com esses cuecas de seda.

  2. pacato cidadão

    Isso, vamos acabar com a concorrência afundando o estado em dívidas de processos. 2006 quem era o governador? Não foi o mesmo governador que fez uma reforma no Palácio e deixou pro sucessor pagar a conta? Não foi o mesmo governador que ficou 8 anos sem pagar a conta da Copel e deixou pro sucessor desenrolar o problema? Não foi o mesmo governador que meteu a mão em mais de 1 bilhão de reais e ainda requeriu aposentadoria? Ou é o mesmo governador que deixou a segurança pública sucateada e agora fala como uma Maria Louca da herança maldita e afins. Pois então… Se o Estado encomendou um vídeo bem no ano de saída de Requião do Governo do Estado, porque será que às vésperas das eleições municipais esse “esquema” foi revelado. Realmente, o povo é burro mesmo!

  3. kico gemael

    em 2006, a sanepar despejava esgoto direto no rio iguaçu. eu sabia disso e não podia usar a informação; naquele mesmo ano, fiz a campanha do Osmar e não usei contra o Requião, pois tinha o compromisso de sigilo profissional. Na hora que a PF “jogou merda no ventilador”, o sigilo acabou. E vou encaminhar o video pro Observatório Social do Brasil porque, pelo menos em 2006, a Sanepar admite que despejava 30% do esgoto que chegava na ETE Belém direto no Rio Iguaçu.

  4. Sergio

    E o senhor Kiko não poderia ter esperado a eleição acabar para levar adiante sua nobre empreitada? Ou a intenção era levantar a bola para o Fruet cortar?

  5. Claudia

    Vou encaminhar o video pro Observatório Social do Brasil!!!!!

    Senhor Kiko, não o conheço, mas tenho a impressão que o senhor está se dando uma importância que não tem.

  6. Elton

    Coisas da política rasteira minha gente. Cabe aos eleitores decidir se aprovam ou desaprovam esse nosso jeitinho de fazer política. A chance de dar o nosso recado é dia 07 de outubro.
    No livro O Príncipe de Maquiavel (escrito no final do século XV) ele dá algumas lições para conquistar e manter o poder. Eu já sei em quem vota e em quem eu não voto.

  7. kico gemael

    Não entendo porque o vídeo prejudica ou beneficia alguém hoje. Retrata uma situação de 2006, resultado de 12 anos sem investimento na Estação. E revela o que se fazia naquela época: 30% do esgoto que chegava na estação passava direto pro rio. Não to fazendo campanha pra ninguém, nem a favor, nem contra. E a dona Cláudia, que não tem RG, digo: tenho importância, sim: sou cidadão. E pra quem não gostou, que vá beber água no Rio Iguaçu.

  8. Zero

    Quem critica o Kico está querendo criar uma cortina de fumaça para esconder o problema. Ele apenas fez um trabalho como profissional e, agora, diante da revelação do problema, fez o que qualquer cidadão de bem deveria fazer: não se omitiu e mostrou que o problema já era de conhecimento do Governo há muito tempo. As críticas devem ser dirigidas a: Jaime Lerner, Roberto Requião, Orlando Pessuti e Beto Richa, os governadores que se omitiram e nada fizeram para evitar que as coisas chegassem ao ponto que chegaram.

  9. juliano

    POis é o vídeo mostra a situação em 2006, hoje já é bem diferente, houveram inumeras reformas na Estação que sem duvida nenhuma apesar de antiga é modelo de tratamento!!!

  10. Amaral

    O vídeo foi feito para a Sanepar, que pagou por ele. Pertencia à Sanepar. O tal Kiko não tinha o direito de divulgá-lo, nem em 2006, nem agora nem nunca, e isso ele sabe, é a regra da profissão. A PF fez o seu trabalho. O Kiko jogou merda sobre o trabalho dele. Não se surpreenda se nunca mais for contratado para fazer vídeos. A ânsia de posar de heroizinho do momento tirou-lhe a credibilidade para sempre.

  11. Marco Ferreto

    atacam o Kico e esquecem o problema, como se a culpa fosse dele. ah, essa sociedade equivocada de hoje… é a mesma gente que joga lixo na urna e depois reclama da qualidade dos políticos. e esse povo não suporta quando alguém corajoso como o Kico surge no horizonte, pois fica escancarado o baixo nível de cidadania dos que jogam o problema para os outros e nunca assumem a tarefa de cobrar e lutar pelos direitos de toda a população.

    com o Kico vão os bons e decentes. e é desse lado que eu também estou!

  12. Luiz Veiga

    Pois é… acho engraçado isto tudo. Se esconde é porque é conivente. Se escancara é porque é politicagem. É desta forma que os problemas vão ficando embaixo do tapete. Se fosse depois das eleições seria covarde. Se foi antes é porque esta ajudando alguém. Poxa. Encarem o fato agora. Se estiver ainda errado, que governos péssimos tivemos. Se corrigiram, muito bem. Acho que vale a ver hoje como esta. Mas denigrir a imagem de quem denuncia um erro (passado ou atual) é muito comodismo e falta de cidadania. Por conta destes é que as mudanças são tão difíceis de acontecer.

  13. Mel C.

    Engraçado que, a denúncia corajosa de um cidadão tem cunho eleitoral. Mas a veiculação indiscriminada de propagandas (pagas com dinheiro público) sobre a instalação das UPSs na capital – em horário nobre, durante o período de campanhas, não.

    Assusta também, o fato da divulgação do vídeo causar mais indignação que o conteúdo. Deve ser efeito colateral dos coliformes fecais. Ora, o vídeo “pertence” a Sanepar, e o rio? A quem pertence? É muita pretensão acreditar que, a publicidade (resultante de uma investigação da PF) de um descaso absurdo e histórico, de um crime como esse, foi arquitetada como “marketing de perseguição”.
    Alô! o mundo não gira em torno da coligação “Curitiba sempre na frente”. Mais da metade do valor da fatura da Sanepar que chega mensalmente à minha casa (e que nunca deixei de pagar, aliás), corresponde à esgoto. Se é para lançar no rio, eu poderia muito bem dispensar o serviço e fazer outro (e muito melhor) uso do MEU dinheiro. Simples assim.
    As verdadeiras vítimas não estão disputando eleição. Muitas, sequer tiveram ou terão acesso à essa discussão, infelizmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>