15:06Sem piloto – e sem voar

O avião não tripulado que está baseado em São Miguel do Iguaçu e que deveria ser uma das armas para o combate ao tráfico na fronteira está sem levantar vôo desde o ano passado. O projeto todo já custou R$ 80 milhões. O problema é que faltam manutenção e até combustível para fazer a geringonça operar. Talvezseja o caso fazê-lo operar só em terra ou dentro das águas do lago Itaipu. Expressionante!

http://www1.folha.uol.com.br/poder/1158211-sem-manutencao-aviao-antitrafico-nao-voa-desde-janeiro.shtml

Uma ideia sobre “Sem piloto – e sem voar

  1. zangado

    O grande lusitano Camões, poeta máximo, abria “Os Lusíadas” com essa estrofe:

    As armas e os barões assinalados
    Que da Ocidental praia Lusitana,
    Por mares nunca dantes navegados
    Passaram ainda além da Taprobana,
    Em perigos e guerras esforçados
    Mais do que prometia a força humana
    E entre gente remota edificaram
    Novo Reino, que tanto sublimaram …

    Hoje, em tempos petistas, de eleições A CADA DOIS ANOS e possibilidade de REELEIÇÃO, que epopéia podemos escrever senão em ritmo de triste falsete falando das armas e drogas que avassalam a sociedade brasileira …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>