18:50Como as marés

Funciona assim, quando uma pesquisa é barrada por pedido na Justiça: quem entrou com o pedido acha que ela é comprada/e/ou manipulada pelo adversário mais forte. Quem se sente prejudicado diz que houve censura por parte de quem conseguiu impedir a divulgação. Durante uma campanha, como a de agora, os papeis se invertem com a frequência das marés. E o que sobra para o eleitor é um espetáculo triste, quase patético.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>