11:33Pancada e afago

Na Folha de São Paulo, Ratinho Junior (e o pai)  ganharam espaço nas colunas de Josias de Souza e Melchiades Filho. Confiram

Proibido pela Justiça Eleitroal de participar de comícios do filho, o apresentador Ratinho foi ao palanque de Ratinho Jr. assim mesmo. Ao discursar, atacou o prefeito Luciano Ducci (PSB), candidato à reeleição e autor da petição que resultou na proibição.

Ratinho expressou-se na língua do esgoto: “Eu quero avisar os cuecas de seda que estão tentando me tirar do lado do meu filho, que estão mamando na teta dessa prefeitura faz anos, que vocês estão é se cagando de medo. Na hora em que meu filho entrar na prefeitura, vai abrir aquela caixa preta, e os cuecas de seda vão ver que a cueca deles está manchada.”  (Josias de Souza)

—————–

Artistas e modelos

Há uma mensagem por trás da dianteira folgada de Celso Russomanno (PRB) em São Paulo, dos ótimos desempenhos de Ratinho Junior (PSC) em Curitiba e de Manuela D’Ávila (PC do B) em Porto Alegre e até da vice-liderança de Marcelo Freixo (PSOL) no Rio.
São candidatos de legendas pequenas, sem apoio da máquina local nem destaque na propaganda de TV. Em teoria, deveriam desidratar.
Porém, cada um com seu alcance, os quatro aproveitam a onda geral de descrédito que alcança partidos e políticos. Pegam embalo no cansaço ou revolta do eleitor. Distinguem-se pela dissociação da imagem tradicional de quem pede voto. Como resumiu Russomanno à Folha: “Não sou político. Sou artista”.
O voto desgarrado, indignado ou irreverente não é inédito na curta história democrática do país. Basta lembrar de Collor, Enéas e Tiririca.
Mas há uma novidade neste ano: a ausência de um contraponto político clássico, de figuras de referência.
Os medalhões da redemocratização evaporaram com o tempo. O tucano José Serra é a exceção –ou não, conforme apontam as pesquisas.
Nenhum partido se distingue. O PMDB é um condomínio decadente de coronéis. O PSB e o PSD, projetos de um só. O PSDB e o DEM espreitam a dispersão, a fusão ou outro “ão” igualmente desolador.
Sigla bem estruturada e operosa, o PT poderia ocupar o território. Mas não parece tão interessado.
Desperdiçou uma chance em 2006, na ressaca do mensalão. Expulsou Delúbio Soares, apeou José Genoino, privatizou José Dirceu e colocou João Paulo Cunha na geladeira. Mas logo desistiu da “refundação” e reabilitou todos os acusados.
E desperdiça outra chance agora: contra os fatos e o bom senso, afaga novamente os réus e qualifica o STF como instrumento “golpista”.
O partido pode até colher vitórias em outubro. Mas o “novo” o eleitor passou a procurar noutro lugar. (Melchiades Filho)

P

8 ideias sobre “Pancada e afago

  1. Marcos Lisboa

    Tenho a nítida certeza que o IBOPE que o apresentador Ratinho tem com a classe média/baixa vai espantar as demais classes, com este linguajar. Curitiba quer propostas inteligentes, quer a busca constante pela vanguarda de projetos sociais e ambientais, quer debates de planos de governo e infelizmente cabe ao nobre apresentador aprender que estamos em uma campanha política e não em um estúdio onde o que vale é brigas, exposição de pessoas ao rídiculo, testes de DNA e etc…. Ele tem artistas comediantes pagos para fazer papel de palhaço, agora a população não merece este tratamento!

  2. antonio carlos

    Se o apresentador já está dizendo isto antes do filho se eleger, imagine o que ele vai dizer com o filho eleito. Curitiba verá uma nova que da Bastilha. Mas fico cá pensando, já que todos os usuários de cuecas de seda irão para a rua, quem o apresentador colocará no lugar? O seus empregados, que com certeza, salvo raríssimas exceções usam cuecas de seda. Só pode ser isto. Tremei tecno e burocratas da Prefeitura. ACarlos

  3. Elvira

    Ratinho, milionario, muito mais que fruet e ducci juntos, me vem com esse discurso hipocrita. Casou o filho no castelo do batel e chama os outros de cueca de seda para tentar we aproximar do povao. O brasil vai afundar com gente como voce, ratinho

  4. Juvenal

    Depois dizem que é xenofobia, mas vamos e venhamos a linguagem não é do povo é do mal educado e ignorante , etes sim falam desse modo quem é do povo fala rudemente, mas educadamente. Isso é coisa de gente que acha poder tudo, pelo dinheiro e pela situação “artistica” será? Eu ainda fico com a coisa de má educação.

  5. Olavo

    E quem é o prefeito, com esses cabelos tingidos de ruivo, se não um bobão? médico que deixa a saúde ao acaso e tenta construir uma linha verde que já apodreceu antes da conclusão? obra defasada que se arrasta ha cinco anos…ponte estaiada, cara, cafona e sem originalidade alguma?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>