11:14Kit propina

José Joaquim Ribeiro (PSC), atual prefeito de Londrina, disse que recebeu propina de R$ 50 mil na aquisição de kits escolares, maracutaia onde Barbosa Neto (PDT) teria embolsado outros R$ 50 mil, segundo afirmou o mesmo Ribeiro, antes de ser cassado do cargo. Barbosa concorre à eleição para prefeito e se diz vítima de armação. A população da segunda maior cidade do Estado olha tudo isso como se tivesse vivendo um pesadelo real. Isso é política! Confiram a reportagem do jornal Gazeta do Povo:

http://www.gazetadopovo.com.br/vidapublica/conteudo.phtml?id=1294436&tit=Novo-prefeito-de-Londrina-admite-ter-recebido-propina

2 ideias sobre “Kit propina

  1. Valmor Stédile

    Observem os fatos como ocorreram. Entrevistado por Loriane Comeli/Folha de Londrina, na véspera de confessar ter recebido propina de R$ 150 mil de empresa vencedora em licitação (e na confissão tenta envolver Barbosa Neto, que já era o principal visado nas investigações e nada provaram contra ele), o prefeito tampão José Joaquim Ribeiro (PSC) disse que nomeou para alto cargo comissionado o advogado Maicon Castilho, procurador em processo da ex-secretária Karin Sabec (PR), a pedido do vereador Padre Roque (também do PR), que surpreendeu votando a favor da cassação do prefeito Barbosa Neto (PDT), em 30 de julho.

    Portanto, a partir da posse de Ribeiro entrou em vigor o “toma lá, dá cá” que Barbosa havia acabado e voltaram a valer os acertos escusos entre o prefeito e alguns vereadores, tanto que foram logo aumentando de 50 para 160 os cargos comissionados para distribuir entre eles. E temendo o fracasso de seu mandato relâmpago Ribeiro avisou ao vereador Marcelo Belinati (PP) que não participaria da campanha “até para o bem dele, porque como eu estou num governo de cinco meses tem muita coisa que pode ocorrer e pode até atrapalhar os planos dele”.

    A prática desses grupos assim mesmo, sempre haverá recursos para as suas fanfarrices políticas enquanto que para manter os serviços públicos funcionando adequadamente alardeiam problemas financeiros e jogam a conta nas costas do antecessor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>