8:55Rumo ao dissídio

O Sindicato dos Trabalhadores em Informática e Tecnologia do Paraná (Sindpd-PR) informa que ontem (26) “a Celepar manifestou oficialmente à Diretoria Colegiada do Sindpd-PR a intenção de não reabrir as negociações e remeter a decisão sobre o reajuste salarial e acordo para Dissídio Coletivo. Em assembleia realizada no último dia 22, os trabalhadores da empresa já haviam autorizado o sindicato, em caso de impasse, a encaminhar à Justiça do Trabalho esta definição”. Os sindicato revelou também que na sexta-feira passada (22) a Procuradora do Ministério Público do Trabalho, Eliane Lucina, notificou a Celepar recomendando a manutenção da licença remunerada dos quatro dirigentes sindicais vinculados à empresa, até que um novo acordo coletivo ou o dissídio coletivo aponte para outra definição. Esclarece que no dia 11 de junho, por meio de ofício, a empresa comunicou ao sindicato o cancelamento das liberações de dirigentes sindicais, exigiu o retorno à empresa e disse que considerava o trabalho desenvolvido no âmbito dosindicato como “licença não remunerada”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>