15:43Justiça derruba ação do MP contra ex-diretores da Urbs

Do Goela de Ouro:

O Ministério Público do Paraná perdeu na semana passada, no STJ, a ação de improbidade administrativa contra os servidores públicos municipais José Alvaro Twardowski, Fric Kerin e Euclides Rovani.
O grupo que ocupou a presidência e diretorias de Trânsito e de Transporte da Urbanização de Curitiba (Urbs) S/A foi acusado em 2003 pelo ex-vereador do PT, Adenival Gomes, de que os ônibus de empresas ligadas à Urbs
não eram multados pelos radares. A fiscalização na época era feita por tacógrafos. Na decisão está escrito que “…a não ocorrência de dano ao erário e enriquecimento ilícito,  não comprovação do ato de improbidade e, ainda, não infringência a princípios da Administração Pública, rever esta conclusão esbarra na Súmula n.7 desta Corte Superior”.

3 ideias sobre “Justiça derruba ação do MP contra ex-diretores da Urbs

  1. Osmar

    Isso sim é que é vergonha! Pode apostar que estarão todos no palanque fazendo campanha política. Acordem curitibanos!

  2. Lukas

    Vergonha é acusar sem prova. Vergonha é quase acabar com a vida e com a carreira de funcionários públicos dedicados pra criar factóides políticos. E pra completar, o tal ex-vereador do PT, denunciante defensor da moralidade pública, de tão ruim, tão ruim, não consegiu se reeleger. Tomara que agora leve um processo e perca as calças.

  3. @GianniFran

    Não multam os ônibus, não prendem o Carli Filho…
    Só na b*#$# do POVO né?!?

    Queria ver um desses políticos da Urbs aí mostrando um boleto de multa. Eles NUNCA levaram uma multinha sequer, porque dirigem tão bem assim? É possível isso???

    Bah… desrespeito!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>