16:15Gaeco prende grupo de extermínio comandado por oficial da PM

O Ministério Público do Paraná informa:

Operação Wally prende cinco pessoas na RMC e Norte do Estado

O Núcleo Regional do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) em Curitiba cumpriu na manhã de hoje (sexta-feira) cinco mandados de prisão temporária, dez mandados de busca e apreensão, além de autuar em flagrante delito outras três pessoas nos municípios de Colombo, Campina Grande do Sul, Quatro Barras (na região metropolitana de Curitiba) e Jacarezinho (Norte). Os mandados foram expedidos pelo Juízo da Comarca de Colombo, com base em investigação que apura a existência de uma quadrilha responsável por homicídios, roubos e comércio de armas nos municípios da região metropolitana, integrada por civis e policiais militares da região. Segundo o Gaeco, a quadrilha atua como “um grupo de extermínio” na região. O líder do grupo, que também foi preso, seria um oficial da Polícia Militar do Paraná que já comandou o batalhão de Campina Grande do Sul. De acordo com o Gaeco, a quadrilha pode ser responsável por pelo menos oito homicídios na região, entre eles a morte do procurador de Justiça aposentado Orivaldo Spagnol, no dia 5 de agosto de 2011. Com a prisão dos integrantes da quadrilha, o Gaeco solicita que pessoas que tenham conhecimento de outros fatos praticados pelo grupo entrem em contato nos próximos dias.

Uma ideia sobre “Gaeco prende grupo de extermínio comandado por oficial da PM

  1. Jairo

    Bom dia!

    Excelente que descobriram esta gangue….porém, devem ficar pouco tempo presos e rapidamente estarão entre nós! Portanto, deveríamos EXECUTAR rapidamente estas pessoas da face da terra para podermos viver um pouco mais tranquilos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>