19:48Luciano Ducci classifica de injusta, difamatória e infundada a reportagem da revista Veja sobre sua evolução patriomonial

Recebemos a seguinte mensagem “nota pública de esclarecimento” do prefeito de Curitiba Luciano Ducci sobre a reportagem publicada pela revista Veja:

A reportagem da revista Veja é profundamente injusta, difamatória e infundada. Não há qualquer irregularidade na evolução patrimonial do prefeito Luciano Ducci e de sua família, como pretende insinuar nota publicada pela revista. Todos os recursos e bens declarados têm origem comprovada junto à Receita Federal.

A suposta notícia de que o Ministério Público abriria investigação sobre a referida variação patrimonial carece de fundamento fático. O Ministério Público não iniciou, até o momento, qualquer procedimento a respeito.

Para provar que não tem nada a esconder, o prefeito Luciano Ducci vai nesta segunda-feira ao Ministério Público para entregar as declarações de Imposto de Renda dos últimos cinco anos e se colocar à disposição do procurador geral Gilberto Giacóia para qualquer esclarecimento que se fizer necessário.

Todos os bens declarados no Imposto de Renda do prefeito Luciano Ducci e de sua família têm origem e estão registrados, assim como a origem de todos os recursos.

A referida reportagem carece de credibilidade, na medida em que ignora os documentos oficiais sobre o patrimônio e a sua evolução. A revista Veja foi “usada” por fonte mal-informada e evidentemente determinada a fabricar um falso escândalo.

As duas fazendas mencionadas pela Veja, na verdade são cinco fazendas situadas no Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Paraná, e pertencem a Marry Dal Prá Ducci, recebidas, em sua origem, em herança ou adquiridas e registradas legalmente pela mulher e pelos filhos do prefeito.

No que se refere ao “apartamento de cobertura no Batel”, no qual, segundo a Veja, residiria o prefeito Luciano Ducci, mais uma vez a informação é falsa. O prefeito e sua família vivem, desde 2007, no 5º andar do edifício Le Mirage e não na cobertura. O referido apartamento foi adquirido com recursos da família, como está registrado nas declarações de Imposto de Renda do prefeito e de sua família.

Em relação ao sr. Cícero Paulino, citado pela Veja como capataz das fazendas da família do prefeito, trata-se de contador com MBA em administração pública, que presta serviços profissionais a diversas empresas. Em maio de 2010, foi nomeado funcionário em cargo em comissão na Prefeitura de Curitiba, lotado no gabinete do então vice-prefeito.

Em janeiro de 2012, Cícero Paulino foi desligado de sua função na Prefeitura de Curitiba. Durante todo o período em que prestou serviços à Prefeitura, não houve sobreposição entre função pública e atividade privada.

5 ideias sobre “Luciano Ducci classifica de injusta, difamatória e infundada a reportagem da revista Veja sobre sua evolução patriomonial

  1. marcelo santana

    o ducci tem se explicar muito bem princilpamente do assessor que trabalha na fazenda pago pela prefeitura segundo a veja.

  2. jeremias

    Provavelmente o tiro disparado por Veja em Luciano Ducci tem outro alvo: criar embaraços para o PSB em São Paulo.

    O partido de Ducci confirmou a composição com o PT em São Paulo (chapa Hadad-Erundina) e há forte possibilidade de a campanha ficar monopolizada entre Chalita e Hadad.

    E isso José Serra, o mais preparado dos brasileiros, não pode admitir. Deve ter colocado a bandidagem do condomínio Veja/ Cachoeira para trabalhar e encontrar algo que prejudique o PT paulistano. E a Veja ainda sai da esbórnia com jeitinho de revista séria e imparcial…

    É a tática de sempre. É a sujeira de sempre.

    Todo apoio ao Prefeito Ducci que nós sabemos ser homem honrado e que tem todas as credenciais para pedir voto aos curitibanos.

    Contra a baixaria na política!

  3. Ricardo José Aramalho

    Os ocupantes dos cargos em comissão começam a mostrar serviço – e serão chamados a fazê-lo cada vez com mais freqüência daqui para a frente. Jeremias, O Embaralhador de Palavras do Edifício Delta, espera que sua tergiversação proporcione-lhe uma FG nos 6 meses finais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>