9:07PARA NUNCA ESQUECER

Fotos de Edward Curtis

Entre janeiro e março de 2009 a Galeria da Caixa Cultural Curitiba apresentou a exposição “Legado Sagrado” do fotógrafo e etnólogo Edward Sheriff Curtis. Entre 1901 e 1930 ele fotografou 80 nações indígenas norte-americanas. Produziu cerca de quatro mil imagens. O jornalista e poeta Zeca Correa Leite guardou o catálogo. Recentemente enviou-o ao signatário com o texto abaixo.

Sexta-feira Santa, Sexta-feira da Paixão

Em Sorocaba vejo a tarde descer silenciosa, respeitosa, religiosa. Guardo este catálogo como carinho, sempre achando que algum dia iria escrever em suas páginas, misturando minhas palavras ficcionais com as imagens de alguma maneira ficcionais. Onde repousa hoje a realidade dessas vidas retratadas? Começo a crer, enquanto escrevo, que somos a imaginação de um Artista que nos cria e desenha nossos destinos. Depois a gente se vai: é quando esse Artista coloca ponto final em nós. E seremos apenas isso: imagens no papel. No mais, tudo vaga pelo Universo feito música, cor, solidão, passado. Seremos  então o imponderável, matéria das miraculosidades, latejantes corações dos precipícios, testemunhas das santidades. Anoitece daqui a pouco; tenho que me recolher e procurar em mim não as explicações, mas a humildade que neste momento me falta. Tenho que me silenciar.

Fiquemos com Deus Pai
Sorocaba, 6/4/12

2 ideias sobre “PARA NUNCA ESQUECER

  1. Tatiana Ozores Guimarães

    PRIMEIRO DE TUDO SARAVÁ TODA NAÇÃO INDÍGENA. AS FOTOS SÃO FANTÁSTICAS E CAUSAM A SENSAÇÃO DE PERSONAGENS IRREAIS MESMO. AS FOTOS TRANSPIRAM A POESIA E A INOCÊNCIA QUE TANTO NOS FALTA NA VIDA DE HOJE. FALAM PARA MIM DO CAMINHO PERDIDO PARA O QUE É “SELVAGEM”, NATURAL E ESSENCIAL.
    AO FIM DESSES NOSSOS TEMPOS, DESEJO QUE O RETRATO DA NOSSA ALDEIA GLOBAL , POSSA TER O CAVALO E O RIO, O VELHO E A CRIANÇA, A MULHER E A SUA EXPRESSÃO, O CÉU E A MONTANHA… A VIDA E A POESIA.

  2. Jango

    Essas fotos de Curtis valem como pinturas de Da Vinci, Rafael, Michelangelo, Caravaggio e outros tantos talentos das artes, com o detalhe, significativo, de se tratar de documentação formidável de parte da raça humana na Mãe Terra.

    Como diz a mensagem, são imagens que nos fazem silenciar porque – acrescentaria – falam dentro de nós.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>