11:39O vício da corrupção

… A máquina eleitoral é um leviatã voltado para os próprios interesses que opera na ilegalidade. A política corrompe ao mesmo tempo que produz desenvolvimento e riqueza. Se não para todos, pelos menos para os que sobrevivem nela.

O poder vicia. No vício, perde a inocência. E, se todos têm culpa, ninguém é culpado.

De Fernanda Torres no artigo “Mãos que eu afaguei” publicado na Folha de São Paulo (leia o texto na íntegra clicando abaixo)

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrada/47490-maos-que-eu-afaguei.shtml

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>