16:44PARA NUNCA ESQUECER

Rinaldo Calheiros e Silvana

Onde estás coração*

http://www.youtube.com/watch?v=8_J_cfdmyCs

Era tão grande o meu amor por ele (a)
Louca paixão envolvia meu ser
O seu carinho era a minha vida
Só seu amor era o meu prazer

Porém um dia, frio de inverno
Entre os meus braços ele (a) morreu
E assim sem rumo, vou pelo mundo
Como uma folha que o vento envolveu

Onde estás coração
Não sinto seu palpitar
É tão grande esta dor
Que nem posso chorar

Eu quisera chorar, e não tenho mais pranto
Ele (a) era tudo que eu tinha e partiu
Para não mais voltar

Eu o (a) queria com toda minha alma
Como se quer tão somente uma vez
Mas o destino cruel e sangrento
O nosso amor muito cedo desfez
Somente a morte roubar podia
Aquele idílio de sincero amor
E assim sozinha, vou pela vida
Desesperada (o), sem fé, sem valor

*de L. Martinez Serrano e A. P. Berto, versão de Ubirajara Silva

Uma ideia sobre “PARA NUNCA ESQUECER

  1. zeca

    Z.B., muito obrigado por este momento musical. Que delícia ouvir Rinaldo Calheiros e Silvana. Vieram imagens à mente, inevitáveis quando bate o saudosismo, quer queira quer não. Ambos belos, harmônicos, elegantes. Talvez o mundo fosse (ainda nesses tempos) mais romântico, ou o olhar da gente que era outro. De qualquer modo, que encantamento ouvir o que acabei de ouvir. Grato, mais uma vez.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>