18:00Não é bolinho, não!

Do Goela de Ouro:

Tudo bem que o Brasil é a sexta maior economia do mundo, que o brasileiro vai pra Miami como ia antes pra Matinhos, etc etc, mas cobrar R$14  por um bolinho de carne não é um pouco de exagero, não? Pois foi o que pagou uma amiga desse blog no famoso “Baronesa”, ali no Alto da XV. E sem contar os chops!

10 ideias sobre “Não é bolinho, não!

  1. Euclides

    Ué, ué, a amiga do blog não sabia que a Baronesa é frequentada apenas por barões e lendas vivas da imprensa e e da política desta cidade?

  2. tony

    Sugiro que vejam os preços do menu do Train Blue, estão em Euros, mas são quase iguaizinhos aos dos cobrados por um famosissímo restaurente ali no Alto São Francisco. Estamos nos acostumando aos preços praticados no Primeiro Mundo. ACarlos

  3. Zaga

    E o que falar dos sanduíches do Madero? E há quem pague… Afinal, leram na Veja que ele é o melhor do gênero na cidade… A propósito: vc já viu um desses jurados numa pastelaria ou em churrascarias, como a Gaúcha, por exemplo? Haja saco!

  4. Velho de Guerra

    Polaco, quando se torna “chique” fica enjoado esquece a batata virá expert em vinhos e encarece a comida!

  5. Bebel

    Faltou explicar que não é 14 reais por um bolinho, mas vem 5 bolinhos e tamanhos bem razoaveis…. valor bem justo perto dos outros bares.
    Sempre vou lá e não tenho criticas alguma pra fazer!

  6. Jel Diz

    Me estranha tal comentário a respeito do Baroneza, pois não existe um bolinho e sim uma porção de bolinhos e de carne e não de pão. Sugiro tomar menos chops, para não esquecer que comeu vários bolinhos.

  7. A Verdade

    O que me impressiona é que, apesar do preço, tem gente que compra… só para dizer que tem dinheiro saindo pelo c… já faz tempo que eta inflação que aí está deve-se ÚNICA E EXCLUSIVAMENTE à especulação dos empresários!!! O Brasil não tem tanta demanda assim que justifique tamanhos preços!!!

  8. Bar Baroneza

    Prezados,

    o referido bolinho é parte integrante de uma ação social promovida pelo Bar Baroneza em conjunto com a ASID(Ação Social para Igualdade das Diferenças), na qual 30% da arrecadação é repassada a referida instituição. A receita exclusiva foi especialmente criada para a ação, e não trata-se de um simples bolinho, já que inclui uma série de acompanhamentos. Tal ação é mais uma iniciativa social do Bar Baroneza.

  9. edna

    Louvàvel a atitude do Bar Baroneza, em reverter parte da renda de alguns de seus pratos p/ uma ação social! Muito chato é comentar coisas que não se tem conhecimento!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>