18:03TRE cassa vereador por infedelidade partidária

Da assessoria de imprensa do PMDB do Paraná:

Por infidelidade partidária, TRE cassa mandato de vereador de Quatro Pontes

“O PMDB sempre irá buscar na Justiça os mandatos que lhe foram conferidos pela população”, afirma o presidente estadual do PMDB, deputado Waldyr Pugliesi

O Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) decidiu por unanimidade, em sessão
nesta segunda-feira (23), pela cassação do mandato do vereador Ondi Afonso Kist, de Quatro
Pontes, município com aproximadamente quatro mil habitantes no Oeste do Paraná. Kist foi
eleito pelo PMDB, em 2008, mas acabou migrando para outro partido, infringindo a regra da
fidelidade partidária.

A representação contra o vereador teve como base um julgamento de março de 2007 do
Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que decidiu que o mandato pertence ao partido, não ao eleito.
A ação por infidelidade partidária foi movida pelo Departamento Jurídico do PMDB Estadual,
atendendo um pedido do Diretório Municipal do partido.

De acordo com o presidente estadual do PMDB, deputado Waldyr Pugliesi, a fidelidade
é fundamental para o fortalecimento partidário. “O TSE também entende assim e já se
manifestou neste sentido. O PMDB sempre irá buscar na Justiça os mandatos que lhe foram
conferidos pela população”, destacou.

Uma ideia sobre “TRE cassa vereador por infedelidade partidária

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>