14:14Nega Maluca

por Mané Galo, da Ilha do Chapéu, na Baía de Guaratuba

Depois de ler os comentários do JJ e as observações de alguns leitores, fiquei mais preocupado com as expressões “politicamente corretas”. Na panificadora perto da casa de um parente no centro de Guaratuba, comprei pão e um pedaço de bolo Nega Maluca. Na hora de pedir o bolo, a atendente fez cara de quem não entendeu nada. Aí, apelei: “Senhorita, quero um pedaço desse bolo ‘afro-descendente com problemas mentais”.

Uma ideia sobre “Nega Maluca

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>