12:54Com mutreta, sem alvará

A prefeitura de Curitiba informa:

Prefeitura cassará alvarás de postos envolvidos em fraudes

A Prefeitura de Curitiba vai abrir processos de cassação do alvará de funcionamento dos postos envolvidos na adulteração eletrônica de bombas de combustível. A determinação foi dada pelo prefeito na manhã desta terça-feira (10). “Não se pode legitimar uma fraude. Os alvarás que permitem o funcionamento de estabelecimentos comerciais em Curitiba são emitidos dentro dos princípios da legalidade e da regularidade. Se for comprovada a fraude nos postos de combustíveis será cassada a licença de funcionamento”, disse o prefeito Luciano Ducci.

Perderão a licença de funcionamento na cidade os estabelecimentos identificados por fraude pelo IPEM (Instituto de Pesos e Medidas) e notificados pelo Ministério Público e pela Agência Nacional do Petróleo (ANP). Em Curitiba, a Secretaria Municipal do Urbanismo e a Procuradoria irão de acompanhar os processos relativos aos postos de combustíveis juntamente com o ministério público e os órgãos de regulação e fiscalização federais e estaduais.

A partir do recebimento das informações do Ministério Público, pela Procuradoria do Município, a Secretaria do Urbanismo dará início ao processo para notificar os estabelecimentos que tiverem a comprovação de fraude nas bombas de combustível, a partir de inspeção pelos órgãos de fiscalização.A lei municipal 11095, o código de posturas do município, explica as situações em que um alvará de funcionamento pode ser cassado. Os artigos 196 e 197 tratam do assunto. Consulte o documento pela internet: http://www.curitiba.pr.gov.br/multimidia/00084620.pdf

Uma ideia sobre “Com mutreta, sem alvará

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>