15:15De Yoani Sánchez para Dilma Rousseff

Do jornal O Globo: 
 
A blogueira cubana Yoani Sánchez, uma das vozes mais famosas de oposição ao governo Raúl Castro, divulgou um vídeo em que pede ajuda à presidente Dilma Rousseff para deixar o país. Sem obter autorização do governo para viajar ao exterior desde 2004, Yoani colocou no YouTube uma mensagem apelando a Dilma para que intervenha diretamente junto às autoridades cubanas para ajudá-la.
- Por favor, me ajude. Já fiz tudo o que está a meu alcance. Estou proibida de deixar meu país, e não cometi nenhum crime. Me condenaram à imobilidade insular – diz Yoani no vídeo. – Eu sei muito bem que ela (Dilma) sabe o que é o controle excessivo e a repressão.
Yoani Sánchez foi convidada para participar da exibição de um documentário na Bahia em fevereiro. O filme, dirigido pelo cineasta Dado Galvão, tem a liberdade de imprensa em Cuba e no Brasil como tema, e a blogueira é entrevistada.
A dissidente cubana diz que já tentou cerca de 20 vezes – sem sucesso – uma autorização do governo para que possa deixar Cuba. Em 2010, ela fez um apelo semelhante ao então presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

4 ideias sobre “De Yoani Sánchez para Dilma Rousseff

  1. O AGENTE DA CIA/UNCLE-Yoani é nossa.

    Como funciona a mídia
    Por Georges Bourdoukan, em seu blog:

    Um homem passeava tranquilamente no Central Park em Nova York quando, de repente, vê um cachorro raivoso prestes a atacar menina indefesa de sete anos de idade. Os curiosos olham, de longe, mas, atemorizados, nada fazem para defender a criança.

    O homem não pensou duas vezes e lançou-se sobre o pescoço do cachorro , tomando-lhe a garganta e após muita luta, matou o raivoso animal e salvou a vida da menina.

    Um policial que acompanhou tudo, maravilhado, aproximou-se e disse:

    – O Senhor é um herói. Amanhã todos poderão ler na primeira página dos jornais a seguinte manchete:

    “Um valente nova-iorquino salva a vida de uma menina”.

    O homem respondeu:

    – Obrigado pelo elogio, mas eu não sou de Nova York.

    – Bom, disse o policial, então a manchete será:

    “Um valente americano salva a vida de uma menina”.

    – Mas é que eu tampouco sou americano, insiste o homem.

    – Bom, isso é o de menos. E de onde o senhor é então?

    -Sou palestino, respondeu o valente homem.

    No dia seguinte, os jornais publicam a notícia com a seguinte manchete:

    “Terrorista árabe massacra de maneira impiedosa um cachorro americano de raça diante de uma menina de sete anos que chorava aterrorizada”.
    Postado por Miro às 23:14

  2. tony

    Ih pediu pro cara errado, ele estava mais preoupado em arranjar uns passaportes diplomáticos pro pessoal lá d casa, assim a PF e a Receita não mexem com eles. ACarlos

  3. anonimo

    Pelos comentários dá pra ver que o pessoal quer mesmo acreditar que Cuba é uma democracia, que os irmãos castro são fãs de liberdade e principalmente: o paraíso fica ali mesmo…

    Me poupem, basta uma simples tentativa: tentem ira passear em Cuba sem dizer onde vão lá dentro e tentem viajar lá dentro mesmo, sem pedir autorização…

    Se lá é tão bom, porque cubanos desertam sempre que podem?

    Se ela mente, porque não a deixam sair de lá? Para acabar com isto é simples, basta que deixem ela sair livremente de lá…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>