16:50Na delegacia

A Polícia Civil do Paraná informa:

Delegacia Eletrônica encerra 2011 com 30 mil solicitações

Após quatro meses de atuação, a Delegacia Eletrônica do Paraná contabiliza mais de 30 mil solicitações. Desde que o site iniciou suas operações, no dia 1º de setembro, o número de boletins de ocorrência efetivados já ultrapassou a marca de 16 mil. O sistema também recebeu cerca de 480 denúncias, a maior parte referente ao tráfico de drogas. Para 2012, a Polícia Civil espera um aumento no número de registros de ocorrências.

Por meio do site www.delegaciaeletronica.pr.gov.br, é possível gerar boletins de ocorrência eletrônicos sobre extravios e perdas de documentos, aparelhos eletrônicos, cheques e dinheiro. O sistema ainda possibilita que o cidadão faça denúncias.

“A delegacia diminuiu, efetivamente, o fluxo de pessoas nos distritos. Com isso, cumpre um dos objetivos iniciais do projeto, que é desafogar os distritos da capital e do interior”, afirma o delegado Eduardo Castella, responsável pela Coordenação de Informática da Polícia Civil.

De acordo com o delegado, a disponibilidade da Delegacia Eletrônica é uma das principais vantagens do sistema. “Isso facilitou a vida de muita gente. Muitas pessoas que perderam documentos mas não haviam comparecido para registrar o extravio em uma delegacia, recorreram ao site”, diz.

Segundo Castella, a proposta para 2012 é ampliar o leque de serviços oferecidos pela Delegacia Eletrônica. Ele explica que a implementação de novas funcionalidades faz parte da segunda etapa do projeto. A intenção é, ainda no primeiro semestre, habilitar o registro de furtos de pequeno valor, um dos serviços mais procurados.

“Para isso, estamos planejando um incremento na estrutura da delegacia, com a inclusão de mais policiais e outros servidores. Atualmente, são 22 servidores atuando em regime de 24 horas, sete dias por semana”, afirma.

O site tem registrado média diária de 150 boletins de ocorrência (4 mil mensais). Algumas solicitações têm origem no exterior, como Argentina, Estados Unidos e países europeus. Mas o delegado chama a atenção para o percentual de solicitações que não são efetivadas por insuficiência de dados. “Cerca de 30% do total cancelado corresponde a erro de preenchimento ou insuficiência de dados”, diz.

Serviço:

Quem não possui acesso à internet pode ir até o 1.º Distrito Policial de Curitiba (Rua André de Barros, 671). Lá, foi disponibilizado um computador, do qual é possível acessar a Delegacia Eletrônica com orientações de policiais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *