21:59O barulho continua!

Até o início da noite de hoje os manifestantes do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sismuc), CUT e alguns servidores da saúde mantinham o acampamento nos jardim da prefeitura, depois de passarem o dia fasendo barulho como protesto pela não inclusão de algumas categorias na diminuição da carga horária de 40 para 30 hora. Acontece que eles estão descumprindo a ordem judicial dada em decisão liminar na última sexta-feira (23) pela  juíza de direito substituta Carolina Delduque Sennes Basso, do Plantão Judiciário do Foro Central, que manteve o Município na posse das áreas no entorno Prefeitura, da Secretaria Municipal da Saúde, da Secretaria Municipal de Recursos Humanos e da residência do prefeito de Curitiba. A juíza também determinou que os manifestantes desmontassem qualquer construção ou estrutura que tenham instalado nos locais, o que não foi cumprido. O Sindicato informa que ainda não foi notificado sobre o pedido de retirada do local,portanto, não há nenhum tipo de multa ao sindicato, nem possibilidade de recorrer da ação. Segundo a assessoria de imprensa da prefeitura, os manifestantes, entre eles o advogado do Sismuc, foram comunicados do mandado judicial ainda na noite de sexta. A Justiça fixou em R$ 10 mil a multa diária em caso de a ordem judicial não ser cumprida e a manifestação continuar.