19:21O mais angustiante dos panoramas

A derrota para o América-MG, time já rebaixado para a segunda divisão, e o empate entre Ceará e Cruzeiro, abriu para o Clube Atlético Paranaense e sua sofrida torcida o mais angustiante dos panoramas para a última rodada do Brasileirão. O time terá de vencer o Coritiba no estádio Joaquim Américo no próximo domingo e ficar torcendo pelos tropeços dos adversários diretos nesta luta inglória do andar de baixo do futebol brasileiro. É certo que poderia ser pior. Se o Ceará não empatasse o jogo aos 37 do segundo tempo, o Atlético seria rebaixado hoje mesmo. Mas, também, se o time rubro-negro vencesse a partida, estaria fora da zona dos náufragos e entraria em campo bem mais tranquilo no Atletiba. O grande problema do time, contudo, continua sendo um só: a bola. Sem contar, claro, sua diretoria, comandada por um presidente que agora, depois de tanta patuscada e tanto sofrimento causado à torcida, está preocupado com o currículo.

8 ideias sobre “O mais angustiante dos panoramas

  1. reinaldo

    Caro Zé.

    Embora triste,já estou iniciando uma uma semana de
    pensamento positivo.
    Não vou me entregar,antes do campeonato terminar.
    Saudações atleticanas.

  2. Hamilton Luiz Nassif-Londrina

    Caro Zé Beto , se não fosse a patriotada,do árbitro contra o Cruzeiro,gol anulado, não estaríamos dependendo de ninguém.Com o Atlético,sempre é assim,sofrimento e luta !!!!

  3. Miguel Orleryk

    Esse Malucelli deveria ter sua carteira de sócio cancelada. É o único culpado por esta situação.
    Sua incompetência será sempre lembrada por nós, Atleticanos de coração.

  4. W.F.S

    Agora o culpado e a arbitragem!Coitado do DELEGADO!Vai levar a culpa mesmo depois de pegar o bonde andando!

  5. caldeirãonacopa

    Infelizmente, temos de aceitar que o time é muuuuuuuuuuuuuito ruim! perder para um time já rebaixado, é para acabar!
    Mas vamos ganhar das paquitas, para não deixar eles na libertadores…
    Pelo menos isso.

  6. Fausto Thomaz

    Nós, coxas, estaremos torcendo….do fundo de nossos corações, para que em 2013 vcs estejam novamente conosco…na Série A, na ELITE do campeonato brasileiro…será um ano de provações, paciência e humildade…esperamos por vcs em 2013….
    Feliz Ano Novo.

  7. Gerson Guelmann zs

    Zé, você sabe de minhas amizades Atleticanas, a começar por você mesmo, passando por meu fraterno amigo Mario Celso Petraglia e uma legião de outros amigos. Sou um Coxa renitente mas muito bem humorado, que brinca e aceita gozações de bom nível. Ainda ontem, no twitter, usei o democrático “block” para mandar para o espaço um cidadão que não me conhece e nem eu a ele e abriu a caixa de ferramentas. Mas vamos aos fatos: futebolísticamente falando, e mesmo ainda havendo chances mínimas de reverter o quadro, há que se reconhecer que um time que passou 36 das 37 rodadas na ZR precisa mesmo passar por uma terapia de choque, como, aliás, aconteceu com o Coritiba recentemente.

  8. sb

    Uma vitória Coxa no atletiba significa a classificação para a libertadores e o consequente rebaixamento do Atlético? Isso é ingrediente suficiente para transformar o clássico de domingo no mais importante de todos os tempos. Não lembro de ter visto um atletiba com tantos requintes de crueldade assim. Parece ser mais uma daquelas coisas dos deuses do futebol. Você me enganou, Atlético! Como fui inocente em acreditar quando você me dizia que jamais cairia. Lembro que no final de década de 90, início dos anos 2000, quando você tinha muito dinheiro, dizia que era o maior, etc e tal. Você foi arrogante, mas nem liguei. É que você sempre foi assim, falastrão. Sempre se achou, mesmo sendo um simples mortal como eu. Lembro que eu tentava lhe dizer que futebol é assim mesmo. Que a conversa de medição de força de diretores e até da imprensa que enaltece e as vezes esquece as notícias, lhe faria mal. Que a intenção deles sempre foi transformar o futebol mais atrativo ainda. Tentei lhe trazer para arealdiade, que tudo não deveria passar de uma brincadeira saudável, mas você nem me deu bola. Por isso meu caro, se DEUS existe e é apenas um , no futebol sei que não. São vários, mas tão justos quanto o DEUS único. Não foi por acaso que a situação que se criou veio com estes requintes de crueldade. Um atletiba, na sua (nossa) casa, onde não basta a sua vitória. E que se você perder me deixa comemorar um feito conquistado por poucos no futebol sul-americano. Os deuses do futebol trabalharam pra lhe devolver a humildade. No mundo real todos caem, sim! O mais importante é saber voltar! Ahhhh, só mais uma coisa: deuses do futebol não existem, viu. Isso também é coisa da imaginação de torcedor. Assim como outras, que com o tempo você vai aprendendo. Eu te ensino. Mas volta logo, tá???

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *