16:42No Graciosa, com René

Da enviada especial:

O jantar, chiquérrimo, que comemorou os 50 anos do escritório René Dotti, ontem, no Graciosa Country Club, reuniu quem realmente importa do mundo jurídico, empresarial e político do Paraná. Organizado por Rosarita Dotti, mulher de René, com a filha, Rogéria, também como anfitriã, o encontro teve mais de 700 participantes e momentos tocantes, como a homenagem ao Hospital Pequeno Príncipe. René Dotti fez o discurso mais emocional da noite, com lembranças de atores, jornalistas, advogados e políticos que o acompanharam nessa trajetória de 50 anos. 
 
Dois ex-governadores, Roberto Requião e Orlando Pessuti, foram ao jantar, mas mantiveram a distância regulamentar. Requião foi um dos presentes que mais chamou a atenção. Enquanto todos os homens vestiam terno e gravata, ele estava de camisa de manga comprida. Diversos representantes do governo Richa se espalharam pelos salões, entre eles o homem da Comunicação, Marcelo Cattani. Pela diversidade de sobrenomes das tradicionais famílias paranaenses, pode-se ter uma idéia do trabalho empreendido nesses últimos 50 anos do professor René Dotti. E pela presença de Rogéria Dotti, elegante, jovem e muito bem articulada, foi possível concluir que já existe uma sucessão sendo encaminhada.

6 ideias sobre “No Graciosa, com René

  1. Coronel Perseu Jacutingassa

    O que que é isso ? Baixou o Dino Almeida neste blog ? Falando em Dotti, ele comentou alguma coisa sobre a defesa do injustiçado ex-deputado Carli Filho ?
    Outra coisa: dentre esses “que realmente importam” do meio jurídico estava o Advogado Elias Mattar Assad ?

    Segue o baile (com canapés e docinhos da Regina Bacelar, claro)…

  2. Franco

    E eu achando que quem REALMENTE importa no mundo político era a população …
    Ah sim, estamos falando do mundinho das aparências essenciais…

    Essa nota parece ter sido extraída dessesjornais do interior que saem uma vez por semana…

  3. Lucas Dorval

    “quem REALMENTE importa no mundo político” são as pessoas que contribuem para sociedade, estudando anos a fio, liderando movimentos como o impeachment do Collor, defendendo estudantes e jornalistas GRATUITAMENTE durante a ditadura militar, como fez o Professor Dotti, e outros juristas, como Reale Jr., que também estava presente na referida festa. Não essa população que você se refere, que não faz nada além de criticar sem saber o que estão dizendo. Porém, como já bem dizia Guimarães Rosa, “Não é possível dialogar com pessoas que manifestam por escrito a sua incompetência”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *