16:10Doletas mil do meu Brasil!

Nunca é tarde! Deu na coluna de Mônica Bergamo, na Folha de São Paulo:

CONEXÃO MANHATAN
Um novo escândalo financeiro está movimentando as principais bancas de advocacia do país: depois de fazer acordo com autoridades americanas, o Israeli Discount Bank, um dos principais bancos de Israel, quebrou o sigilo de contas bancárias de sua agência de Nova York para as quais doleiros brasileiros haviam enviado centenas de milhões de dólares. E identificou os verdadeiros donos dos recursos: 114 brasileiros, que estão agora prestando depoimento na Polícia Federal para explicar a origem do dinheiro. 

GASTRITE
Dos 104 brasileiros (de São Paulo, Minas, Rio Grande do Sul e Paraná), apenas oito, segundo dados do Banco Central enviados à Justiça, declararam ter recursos no exterior e não estão sujeitos a processos por sonegação e evasão de divisas. Já as contas dos demais eram identificadas com nomes como “Banqueiro”, “Canjica”, “Queijadinha”, “Timbalada”, “Ervilha”, “Gastrite”, “Fabuloso” e “Divirta-se”.

GEOGRAFIA
O caso está sendo conduzido pelo juiz Sergio Moro, do Paraná, no âmbito de um inquérito maior, o do célebre escândalo do Banestado, que já havia descoberto contas de brasileiros em diversas instituições americanas. Advogados já pensam em argumentar que Moro, por ser do Paraná, não poderia comandar investigações de pessoas que moram em outros Estados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>