17:07Justiça condena auditor fiscal que sumiu com 22 processos da Receita Estadual

O Ministério Público do Paraná informa: 

O Juízo da Terceira Vara Criminal de Curitiba condenou Evaldo José Magalhães, auditor da Receita Estadual do Paraná, à perda do cargo, um ano de reclusão e multa por sonegação de procedimentos fiscais. De acordo com a ação penal, proposta pela Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público – Área de Crimes Contra a Ordem Tributária, entre 2004 e 2005 o então servidor público teria dado fim a 22 processos que estavam sob sua responsabilidade. O Ministério Público do Paraná foi notificado hoje da decisão. Cabe recurso.

Na ação, o MP-PR relata que os 22 processos em questão foram solicitados diversas vezes ao réu pela Delegacia Regional da Receita e posteriormente pela Corregedoria-Geral da Receita. Em vez de devolvê-los, o auditor fazia nova solicitação de prazo, e postergava a situação. Depois de quatro notificações oficiais, a pedido da Promotoria de Justiça, foi expedido mandado de busca e apreensão na residência de Magalhães, onde foram encontrados documentos relacionados aos procedimentos desaparecidos. A partir dessa constatação foi apresentada a denúncia criminal pelo MP-PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>