17:44O PT na Assembleia de comando tucano

Da assessoria de imprensa do PT do Paraná:

Bancada do PT defende mudanças e transparência na Assembléia Legislativa do Paraná

Em entrevista, o presidente do PT do Paraná e deputado estadual, Enio Verri (PT) informa como será o papel do partido e dos parlamentares dentro da Assembléia Legislativa e fala sobre o projeto defendido pelo Partido dos Trabalhadores na Casa, Eleições da Mesa Diretora, Orçamento 2011 e analisa o cenário das eleições no Paraná e no Brasil. “O nosso apoio não é apoio a um nome ou em troca de um cargo, nosso apoio é em cima de um projeto de Assembléia que o PT sempre defendeu, que está inclusive presente na Proposta de Emenda Constituicional que propusemos e não foi votada ainda neste mandato”, afirma Enio Verri  – destacando que os seis deputados estaduais eleitos pelo PT aprovaram em reunião, a postura do partido em continuar defendendo o interesse do Estado sempre direcionado ao povo trabalhador.

Entrevista

Como a Bancada do PT se posiciona em relação a eleição da Mesa da Assembléia Legislativa?

Enio Verri: O PT já fez várias reuniões com a Bancada, nós conversamos com a candidato à presidência da Casa, deputado Valdir Rossoni (PSDB) e marcamos uma outra conversa para esta semana dele com a bancada. Para nós do PT, a posição prioritária não é qual cargo que vamos ter na Mesa ou quantos cargos.

O que determina o apoio ou não ao candidato a presidente, é qual o projeto de Assembléia que ele tem.
Nosso apoio é em cima de um projeto de Assembléia que o PT sempre defendeu, que está inclusive presente na Proposta de Emenda Constituicional  que propusemos e não foi votada ainda neste mandato, e esperamos caso isso dê certo, que possamos nos manifestar favorável ao nome do candidato à presidência ou não, dependendo da construção deste projeto, a partir de 1 de fevereiro.

O que propõe a Proposta de Emenda Constituicional apresentada e defendida pelo Partido dos Trabalhadores?

Enio Verri: Apresentada em maio de 2010, a PEC estabelece que a votação dos ocupantes dos cargos será realizada individualmente e não por chapa completa. A PEC também determina que a eleição obedecerá  à proporcionalidade das bancadas, em que o maior partido em plenário  indica o principal cargo e os demais serão preenchidos de acordo com o número de eleitos por bancada. Há muita coisa a ser terminada na ALEP sobre transparência, sobre concursos a serem realizados, mudanças a serem gerenciadas na Casa, que o PT defende,  inclusive sobre a PEC que apresentamos para isso, é isso que vamos discutir.

Como serão analisados pela bancada do PT, os projetos que tramitarem pela Casa?

Enio Verri: Faremos uma análise crítica de cada projeto que for remetido à Assembléia; comparando o que o PT espera o que é bom para o Paraná e os projetos remetidos, e aqueles que não estiverem dentro desta linha, óbvio, votaremos contra. Nós votaremos o que é bom para o povo parananense, como a proposta do governador eleito Beto Richa de dar 27% de aumento aos professores da Rede Estadual de Ensino de imediato, vamos votar a favor, espero que isso ocorra já em fevereiro.
Agora projetos que visem diminuir o tamanho das nossas estatais, o não apoio aos movimentos sociais, diminuir o tamanho do Estado e redirecionar o interesse do Estado para outro setor que não seja da maioria do povo trabalhador, nós teremos uma posição única, dois seis deputados, que é uma posição contrária. Portando, o nosso papel neste governo será de oposição, é isso que vamos cumprir do primeiro ao último dia do nosso mandato de quatro anos.

Sobre o Orçamento Estado 2011, que a Assembléia irá aprovar no final deste ano para o ano que vem, como será o trabalho dos deputados do PT?

Enio Verri: Sobre orçamento do Estado, que foi apresentado agora, a bancada do PT também já fez duas reuniões e vai se reunir novamente esta semana, onde vamos fazer uma análise com o grupo técnico da Liderança do PT para que possamos apresentar nossas emendas. Sem dúvida nenhuma a bancada irá apresentar um conjunto de emendas visando exatamente manutenção do projeto que sempre defendemos na educação, a saúde, no apoio aos movimentos sociais e principalmente o que nos interessa no papel do Estado enquanto um instrumento de mudança social.

Como presidente do PT do Paraná como define o cenário da eleição petista 2010 do Estado e no país?

Enio Verri: Durante o processo eleitoral o Partido dos Trabalhadores deixou muito claro sua proposta política e seu projeto e um pouco da sua história. Nós entendemos que para que a população vá bem tanto do Brasil quanto no Paraná, é preciso um Estado forte e que interfira diretamente na sociedade e atinja diretamente a população mais pobre. Isso o presidente Lula fez, a Dilma vai continuar fazendo e é o que nós defendemos.
Este projeto foi vitorioso no Brasil, não foi vitorioso no Paraná, portanto nosso projeto não venceu as eleições, mais dentro da democracia, o nosso papel é muito claro, nós vamos ser oposição, os seis deputados estaduais eleitos pelo PT em sua bancada em reunião já aprovou isso, mais indiferente de ter aprovado ou não, tenho certeza que é esta a expectativa de toda população que o PT cumpra seu papel na democracia.

2 ideias sobre “O PT na Assembleia de comando tucano

  1. antonio carlos

    Engana que eu gosto deputado, que papo mais furado este. Até outro dia andava de braço dado com o desgovernador, inclusive era secretário do mesmo. E agora em nome do apoio ao Estado sempre direcionado ao povo trabalhador, negocia um cargo na mesa diretora da Alep. É preciso mudar urgentemente, para que tudo fique igualzinho, como sempre. ACarlos

  2. José Carlos

    Já deve ter acertado o cargo com o Rossoni agora vai reunir a bancada para repartir outros… que PT é este hein? Não acredito que com seis deputados vão estar juntos com o tucano Rossoni. Que tipo de oposição vão fazer?
    Transparência com Rossoni… como se posicionaram no caso dos Diários Secretos?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>