7:29O outro lado da notícia

por Lelé de Goró

A diminuição do número de leitos nos hospitais do Brasil, vista pelos olhos de quem administra este país, é apenas a constatação de que o sistema está tão eficiente que foi preciso tal enxugamento para adequação à demanda. Os números são mais expressivos quando se sabe que a população aumentou no período do levantamento. Portanto, os incomodados que façam um esforço para a aprovação da CPMF, o popular imposto do cheque, ou que aceitem a proposta dos nobres parlamentares que querem a abertura dos bingos para melhorar a saúde do povo, que está cada vez melhor.

2 ideias sobre “O outro lado da notícia

  1. antonio carlos

    A diminuição no número de leitos a disposição do SUS coincide, e não é coincidência, com a adminstração pemedebista no ministério da Saúde. Esta coisa de transformar ministérios em feudos leva a isto, incompetência. E é o povo pobre que paga a conta. Talvez a coisa seja feita de caso pensado, a coisa ficou feia demais, não temos como resolver, por incompetência, então vamos enfiar a mão no bolso da tigrada, e com a grana extra, resolvemos o problema. Espero que companheira presidenta não se deixe levar pelo canto dos sanguessugas da Saúde, porque aí é que a vaca vai para o brejo mesmo. ACarlos

  2. Alosio da Rocha e Silva

    O governo atual é do PT. A responsabillidade principal é dele e dos seus aliados. Principalmente do Pres Lulla, para quem tudo está bem e sempre foi considerado pelos formadores de opinião um “Deus”, o cara. Escrevo isto por ser ele o presidente o principal autor e incentivador da idéia dos bingos e se deixarem ele com uma desculpa qualquer reinstala os cassinos. Este Pres é useiro e vezeiro em mentir: Disse que o ENEM é uma maravilha e que nunca neste país a saúde funcionou tão maravilhosamente. Não vi ninguém desmentir o boquirroto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>