15:58SERPENTE SEM COLUNA

por Ruth Bolognese

O Conselhão de Richa
Quem está próximo informa: o governador eleito,Beto Richa, PSDB, tem planos de formar um conselhão de notáveis para dar-lhe um help em caso de necessidade republicana ou administrativa. Entre os  nomes mais cotados estão  João Elísio Ferraz de Campos, coordenador da campanha, Euclides Scalco, sempre uma voz crítica no PSDB e,por isso mesmo, de fundamental importância, e Afonso Camargo Neto, que não se elegeu deputado federal mas com experiência política que vem desde os tempos do Ó. Todos eles seriam acomodados  nos conselhos das estatais, como Copel, Sanepar, etc, etc. 

Outro exemplo
Essa história de criar um conselhão para um governo que se inicia é sempre uma idéia que circula no período de formação de equipes. Lá dos idos tempos do primeiro governo, Roberto Requião queria formar um conselho de ex-governadores. Não vingou. Até porque não se conhece ninguém vivo, ou morto, que tenha aconselhado Roberto Requião com algum sucesso. 

Experiência
Ter gente com experiência por perto pode até dar uma certa segurança a quem está começando a governar. Mas com o tempo, ou o líder mostra a que veio, tomando decisões sozinho ou assume que precisa de babá. E babá em governo é sinal de fraqueza do titular. No caso do conselhão de Richa, pelo jeito, não combinaram ainda com os russos, ou no caso, com os três nomes supracitados. Nenhum deles tem jeito de quem aceita um convite desses. 

Ainda a traição
O senador Osmar Dias,PDT, ainda não assimilou a derrota eleitoral. Nos poucos contatos que vem mantendo com assessores mais próximos se revela magoadíssimo com o que chama de “traições até dentro da própria casa”. Mas, mesmo assim, articula uma vaga no governo Dilma. Hoje, tem encontro com o vice-presidente eleito, Michael Temer. 

Coxa serra acima
A diretoria do Coxa reuniu a imprensa desportiva, hoje, para anunciar o nome do novo técnico,Marcelo Oliveira , e falar do futuro.Pretende aproveitar a belíssima campanha que fez m 2010 e surfar na onda em 2011. Quer chegar a 50 mil sócios, faturar R$100 milhões/ano e reunir a maior torcida do Paraná. Se valer entusiasmo e boa vontade, já chegou lá. Para se ter uma idéia, no pior momento pós incidentes em campo em 2009, o número de sócios baixou para 2.500.

9 ideias sobre “SERPENTE SEM COLUNA

  1. j.k.lott

    O “Novo Paraná” nem começou e a ferrugem já começa a comer as engrenagens…O Urtigão que saia do bode o mais breve possível, tem 58 anos e muito chão pela frente.

  2. Ciro

    Zé, boa tarde. Belo gesto seu nos brindar, em seu espaço, co conteúdo da Ruth Bolognese. Torço para que a tenhamos, em breve, em outro espaço, a nos brindar com seu humor refinado, além dos comentários políticos.

    Pato Branco PR

  3. antonio carlos

    Gostaria que a diretoria do meu Coxa, em 2011 na primeirona, e campeão de 2012, da segundona, convidasse a a serpente para dar-lhes algum conselho, porque escalar um técnico destes, é pedir para morrer. Aviso à serpente que os conselheiros dão palpite de graça. Por isto é que não me aventuro a ser conselheiro, vou micar com o combustível até o Alto da Glória. Aviso que sou coxa-branca há mais de 40 anos. ACarlos

  4. alderijo bonache

    A Ruth faz falta, devido a sua ironia e questionamentos! Este Jornale mesmo perdeu praticamente a minha audiência! Tenho certeza que não é só eu!

  5. juarezinho

    Engraçado, todas as pesquisas feitas até hoje mostram que a torcida do Atlético é maior. Mas coxa-branca não é muito chegado na realidade.

  6. jota

    Só falta o Cirino renascer e estar presente. Se isso acontecer, claro que o COXA não terá nem 100 sócios, pois o cara é um uruca e dá azar até na coruja que dorme atrás do gol dos fundos c do Couto.

  7. caio

    Só uma pergunta: Se a Ruth saiu do Jornale, porque seu Blog continua no cabeçalho? Gostaria que ela continuasse!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>