7:27Curativo patético

Durante quase oito anos o governo do Paraná fez o grande favor esculhambar a ParanaPrevidência, criada para administrar e pagar as aposentadorias dos servidores  estaduais. Orlando Pessuti, atual governador, foi vice de Roberto Requião, que fez este serviço de duas formas: isentou a cobrança de aposentados e deixou de repassar a parte do Estado. No Paraná que não queremos, pergunta-se por que até agora o Ministério Público não se manifestou, já que as denúncias sobre essa barbaridade não são de agora, mas que explodiram com o relatório da Primeira Inspetoria do Tribunal de Contas que apontou um rombo de R$ 3,2 bilhões nas contas, informação essa que foi taxada como factóide pelo ilustre deputado Luis Claudio Romanelli (PMDB), líder do governo na Assembleia? A ParanaPrevidência foi criada no governo de Jaime Lerner sob a batuta de um craque no assunto, Renato Follador, ex-jogador do Coritiba que chegou a ser cotado para ser ministro da Previdência. Foi a primeira experiência no Brasil. Imitada porque deu certo neste deserto de incompetência. Uma solução para um problema que estrangula a economia do estado e deixa os funcionários em permanente estado de terror, como agora, pois não sabem o que pode acontecer. Aqui, aconteceu essa barbaridade que foi uma tentativa de estragar o que estava perfeito. Segundo se previu, em duas décadas o fundo não precisaria mais de aporte do governo para bancar as aposentoridas. Deu no que deu. Agora, aos 45 do segundo tempo, vem o governo Pessuti/Requião, muito provavelmente pressionado pelo próximo, o de Beto Richa, que assume em janeiro e teria uma bomba relógio no colo para tentar desativar logo de saída, e envia à Assembleia Legislativa este “projeto de reestruturação do plano de custeio da Paranaprevidência”, nome pomposo e enganador que, em resumo, manda a conta da esbórnia, da incapacidade administrativa, para quem? Para os próprios servidores, cuja taxa de contribuição deve aumentar, e abrindo caminho para que os aposentados voltem a pagar a contribuição. Em brasileiro isso significa que o causador do estrago coloca a ponta do punhal na garganta do inocente e diz: olha, paga aí, senão a coisa fica pior. Mais: a contribuição do Estado, que não foi repassada, seria reposta ao longo dos anos. Tradução: os burros de carga que pagam os impostos sagradamente para que estes senhores façam o que dê na telha, aumentaria. Pergunta-se: este dinheiro, garantido por lei para ser repassado, foi parar onde? O Tribunal de Contas, que fez o levantamento, poderia ser convocado pelo Ministério Público para explicar tudo e os responsáveis por esta barbaridade, devidamende punidos. O pior de tudo é essa desfaçatez de se apresentar soluções como se a ninguenzada fosse imbecil. O que se propõe é algo parecido com aquele bandido que deu o tiro de calibre 12 e depois apareceu com um band-aid para ajudar a vítima. Patético.

10 ideias sobre “Curativo patético

  1. TURISTA

    COM A PALAVRA OS AUTORES!
    O RENATO FOLADOR EM SUA PALESTRA DE SEXTA FEIRA NA ABIPEM JÁ DEU A SOLUÇÃO E A RECEITA!!!!!
    VISÃO DE GESTOR PROFISSIONAL !
    ESTE PLANO INCLUSIVE FOI ELABORADO SÓ POR JURISTAS(SIC…)!

  2. antonio carlos

    Zé, a ninguenzada é imbecil mesmo. Se não fosse não daria 8 anos de impunidade para o algoz do Paraná Previdência. O ódio que Maria Louca tem do Jaime, fez com que ele tentasse destruir até as coisas boas que o Jaime fez. Agora a claque da terça insana vai ficar sem aposentadoria e, quem vai dar risada da cara desta gente, somos nós. Bem feito. ACarlos

  3. Bellegard

    Nos 8 anos em que esteve no governo, Requião, com a complacência de seu vice, dedicou-se em tempo integral ao desmonte de tudo o que foi feito pelo Lerner. É claro que este último cometeu muitos erros, mas a política de Requião não era só equivocada na medida em que não distinguia uma coisa de outra: tudo devia ser destruído em nome da “lisura”, a mesma que possibilitou a algumas pessoas amontoar dólares em armários,

  4. caio

    Para que o tribunal de contas não seja mais um tribunal de faz de contas teria que ser um órgão do poder judiciário. Não que acabassem todos os problemas, mas essa vinculação com a Assembléia não tem como dar certo. É óbvio, mas ninguém quer ver. Além disso, na remota hipotese do tribunal de contas dar certo na atual forma (vinculado à assembléia) estaria fadado a fazer um re-trabalho, pois todas as suas decisões (especialmente as poucas que condenam os administradores públicos) acabam sendo rediscutidas no judiciário o que somente ajuda os maus administradores a protelarem suas causas até a eternidade.

  5. Da Poltrona

    O que está por trás disso tudo é a falência da gestão pública acobertada pelo compadrio entre os “donos” dos poderes públicos. Não se apura responsabilidade. Os gestores vem e vão, alguns em seguida glória nas urnas, e deixam para trás os passivos para a sociedade e para a própria administração pública. E não são apuradas responsabilidades e responsáveis. Tudo se passa como mera ocorrência. Eles são e se portaram como irresponsáveis, mas são considerados, pela via da não referência, do não me toques, como não-responsáveis. O Ministério Público no Paraná, realmente, desde que foi à Escolinha Insana, está à procura de Alice no País das Maravilhas …

  6. xisburge

    Patético é pouco. O governo requiao quebrou o parana. vamos relembrar os sintomas (a doença nunca se manifesta de cara, ela vai dando os sintomas primeiro).

    Em 2007 tentou aumentar o IPVA para 3%.
    Em 2008 dobrou as taxas do detran e retirou todo o dinheiro desta autarquia para cobrir rombos no orçamento
    Em 2009 durante a “mini reforma” fez o icms de combustiveis, telecom e energia eletrica passar de 27 para 29%. assim ganhou mais 300 milhoes anuais.
    Em 2010 a casa caiu, nao tem dinheiro pra mais nada e até o PORTO DE PARANAGUA tao tentando assaltar.

    E eu me pergunto, onde estava a gazeta do povo, o estado do parana, a rpc, a taroba (ops a taroba é dos mufattos que dominam a associaçao dos mercados, maiores incentivadores desta reforma tributaria bolivariana).

    Estavam TODOS DORMINDO. A imprensa do parana é bunda mole. Só nao é mais bunda mole que o povo do parana. que ve isso e nao faz NADA NADA. principalmente os servidores publicos

    E inclusive ai os professores que adoraaaaaam fazer um barraco por coisas “do povo” . Esta classe tao oprimida, mas que adora agraciar o opressor. afinal fizeram campanha ferrenha para o requiao, fizeram para o seu sucessor osmar dias.

    Minha opiniao? TINHA QUE QUEBRAR MESMO. Pra pararem de ser trouxa. Servidor publico adorrrrra fazer

    A proposito, a pergunta que nao quer calar. a copel tem (teoricamenet) quase 2 bilhoes de reais em disponibilidades no caixa. o governo poderia fazer uma distribuiçao dos dividendos, e como dono de 31% do capital total da empresa, embolsar 600 bilhoes, (ou 300 se fosse 1 bi divididos, enfim). Mas nao faz.

    Se até o ilegal fazem pra conesguir dinheiro, pq nao fazem o permitido pela lei?

    vai um jequiti ai??

  7. Carlinhos

    Chega a ser risível a afirmativa de que um dos fatores que levou a ParanaPrevidencia a um rombo de 3,2 BI, foi a isenção de cobrança dos aposentados.

    O craque em Previdência que criou o ParanaPrevidencia sabe muito de Previdência Privada, aquela que o “cliente” tem que confiar muito e rezar para que depois de 35 anos possa receber alguns trocados. O passado nos conta histórias destes “fundos” sem fundo.

    A minha sugestão é que o criador seja o administrador da criatura. O craque do assunto deve assumir a ParanaPrevidencia.

    Quem pariu que embale.

  8. Miguel

    Daria um pe de moleque pra ver a “cara de bunda” do Robanelli, agora Beto desde antes do diluvio, explicando o inexplicavel.
    Alguem levou, e agora a Ines eh morta. Quanto a morosidade da “Justa”, alguem tem alguma duvida?

    E com os dignissimos representantes das tradicionais e ilibadas familias paranaenses reconduzidos aos seus mandatos, o Sr. proximo Governador devera engulir alfuns girinos pelo caminho. Imaginem so o Khoury-Khury-Curi-Cury “lider” do Beto na Assembleia! E o Ezequias como Diretor Geral! E o primo Abi de prestador de serviços!

  9. Parreiras Rodrigues

    Incrével. Inacredetável. Onde estou? Acho tudo muito estranho. Não demora muito e o povo vai se dar conta de que o pior foi o melhor três vezes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>