8:27Em livro, Plínio de Arruda Sampaio alerta a juventude para a importância da participação política

Na próxima quarta-feira, em São Paulo, Plínio de Arruda Sampaio lança o livro “Por que participar da política?” (Editora Sarandi). Nele, dá sua resposta para as seguintes questões, entre outras: “Quem são os políticos brasileiros? Por que é importante acompanhar os projetos políticos? Como construir atitudes coletivas?” Direcionado especialmente à juventude, como uma espécie de convite para que conheçam um pouco e participem da política nacional, os textos do professor abordam a formação do Estado brasileiro, os sistemas de governo parlamentarista e presidencialista, a Nova República e os impactos cotidianos da ação política na vida dos brasileiros. Para o autor, que aos 80 anos percorreu o Brasil como candidato do PSOL à presidência da República em 2010, o questionamento central da obra é:“ O que perdemos por nos desinteressar da política e o que ganhamos procurando entendê-la?” Na publicação, Plinio reafirma sua convicção de que só a organização dos trabalhadores poderá construir um projeto de superação das mazelas que marcam a história do Brasil, como a segregação social e a dependência externa.

Uma ideia sobre “Em livro, Plínio de Arruda Sampaio alerta a juventude para a importância da participação política

  1. antonio carlos

    Entendo como de grtande importância a participção e o interesse dos jovens pela política. a Politíca, com P é uma necessidade inescapável de toda sociedade democrática. Mas não se deve confundir política com poder, e poder com dinheiro, e dinheiro com corrupção. A nossa realidade mostra que os políticos e a política não mudam, porque só trocamos os nomes, ou até nem isto, é fulano de tal, fulano de tal filho e fulano de tal neto. É só vermos os nomes dos deputados eleitos, o cara não é neto à toa, o avô foi deputado, o pai também, agora é a vez dele. E depois vai ser o filho dele. Não se espantem se daqui há alguns anos tivermos fulano de tal bisneto, porque isto não isto não está longe de acontecer. Sempre me interessei por política, e nunca pensei em exercer nenhum cargo político, é porque tenho verdadeiro horror de sordidez. ACarlos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>