6:22Prêmio

Da Gazeta do Povo:

Gazeta e RPC TV vencem prêmio Embratel 2010
Série de reportagens que desvendou desvio de dinheiro público na Assembleia é homenageada com troféu na categoria jornalismo investigativo

A série de reportagens Diários Secretos, da Gazeta do Povo e da RPC TV, venceu na noite desta quarta-feira (10) o Prêmio Imprensa Embratel 2010 na categoria “jornalismo investigativo”, também conhecido como Prêmio Tim Lopes. Um dos mais importantes do jornalismo brasileiro, o prêmio era disputado também por reportagens do jornal O Estado de São Paulo, da revista Época e o do portal iG.

A série, divulgada a partir de março deste ano, relatou desvios de dinheiro público na Assembleia Legislativa do Paraná. Segundo o Ministério Público, que iniciou uma investigação do caso depois da divulgação, já foram comprovados os desvios de pelo menos R$ 100 milhões. O caso está atualmente na Justiça e três ex-diretores da Assembleia foram presos.

Os quatro jornalistas trabalharam por quase dois anos organizando uma base de dados, disponível para consulta no site da Gazeta do Povo. As informações foram obtidas em mais de 700 diários oficiais – que eram mantidos nos porões da Assembleia sem qualquer tipo de publicidade, afrontando a Constituição Federal e Estadual, que determinam a divulgação dos atos oficiais da Casa.

Os repórteres trouxeram à tona um esquema que envolvia a contratação de funcionários laranjas e fantasmas – alguns nem sequer moravam no Paraná. Em Bal­­neário Camboriu, no litoral de Santa Catarina, a Gazeta do Povo e a RPC TV localizaram servidores fantasmas da Assembleia do Paraná. Dois desses fantasmas estavam lotados no gabinete do presidente Nelson Justus (DEM) e do primeiro-secretário Alexandre Curi (PMDB).

A série Diários Secretos revelou, entre outras coisas, a contratação e o pagamento de salários para pessoas mortas, para crianças menores de 10 anos e supersalários que passavam de R$ 35 mil.

A cerimônia de entrega do prêmio aconteceu ontem à noite no Museu Histórico Nacional, no Rio de Janeiro. Estiveram presentes para receber a homenagem os quatro repórteres responsáveis pela investigação: Katia Brembatti, Karlos Kohlbach, James Alberti e Gabriel Tabatcheik.

“Foi um trabalho árduo e demorado, que tinha a única pretensão de informar as pessoas sobre o que acontecia na Assem­­bleia Legislativa. O resultado é consequência do trabalho de equipe, de uma proposta inovadora de aliar recursos e a força do jornal, da tevê e da internet e da crença de que é possível transformar a realidade”, comentou Katia.

Segundo Karlos Kohlbach, “o prêmio é o resultado de um imenso trabalho de quatro repórteres que tiveram tempo, e, principalmente respaldo dos editores, chefes e diretores de redação e da presidência do GRPCOM, para planejar uma reportagem desta magnitude”.

“É uma honra muito grande, o reconhecimento de nosso esforço e do trabalho da RPC TV e da Gazeta do Povo. É também uma vitória do povo do Paraná, das pessoas que foram às ruas e cobraram transparência. Agora a sociedade precisa vigiar a atuação do Ministério Público e do Judiciário para que todos os que se beneficiaram dos desvios sejam punidos”, disse o jornalista James Alberti.

A série Diários Secretos também é finalista do Prêmio Esso de Reportagem 2010 – principal premiação do jornalismo nacional. O resultado será divulgado no próximo dia 18.

Uma ideia sobre “Prêmio

  1. nanigois

    não sei porque ,sempre que acontece de equipes receberem este premio,esquecem dos fotografos ,eles tem um papel fadamental neste tipo rde reportagem ,trabalhamos como loucos damos dicas e na hora de beber agua so a onça . abraços nani gois reporter fotografico

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>