22:39Benefício a produtores de álcool pode chegar a R$ 170 milhões

O governador Orlando Pessuti assinou um decreto que concede aos produtores de álcool o direito a um crédito presumido de 9% sobre as operações do produto. Isso foi o que anunciou a Agência Estadual de Notícias, mas ainda não apareceu no Diário Oficial. O deputado Reni Pereira (PSB), que é especialista na área, se assustou. Se a ideia era enfrentar o estado do Mato Grosso do Sul, que adotou medida semelhante, o que Reni estranha é que lá o produtor terá que pagar no futuro o valor do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) que deixar de recolher agora. “Em um momento como este, abrir mão da arrecadação é preocupante. As despesas estão aumentando e a previsão de arrecadação diminuindo.Conceder benefício fiscal sem discutir isso com a equipe de transição do novo governo e principalmente com o setor produtivo, que é quem vai pagar a conta, é uma temeridade”, completou. O deputado Ademar Traiano (PSDB) afirmou que governo deixará de arrecadar R$ 169 milhões em razão do decreto. “E até agora não explicou como vai suprir a falta destes recursos”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>