19:47E na BR 101 Nordeste…

Pode ser tudo, pode ser nada, mas um curioso foi atrás dos consórcios privados que ganharam as licitações para a duplicação da BR-101 Nordeste, obra do PAC, alvo de operação da Polícia Federal que ontem resultou em prisões, inclusive a de um empresário paranaense, cujo nome não foi divulgado. Achou no site da revista O Empreiteiro (www.revistaoempreiteiro.com.br/), número 481, de 01/11/2009, a seguinte lista:  lote 2, de 35,2 km – a cargo do Consórcio Constran/Galvão Engenharia/Construcap; lote 3, com 40,4 km – Consórcio CR Almeida/Via Engenharia/Emsa; lote 4, de 33,7 km – Consórcio ARG/Egesa; lote 7, de 43,9 km – Consórcio Queiroz Galvão/Norberto Odebrecht/Andrade Gutierrez e Barbosa Melo; e lote 8, com 40 km de extensão – Consórcio OAS/Camargo Corrêa/Mendes Júnior. Os outros lotes estão sob responsabilidade dos Batalhões de Engenharia e Construção do Exército, em parceria com a Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>