14:43Carta à candidata Dilma

Da escritora Ruth Rocha, no blog do jornalista Ricardo Noblat:

Meu nome foi incluído no manifesto de intelectuais em seu apoio. Eu não a apóio. Incluir meu nome naquele manifesto é um desaforo! Mesmo que a apoiasse, não fui consultada. Seria um desaforo da mesma forma. Os mais distraídos dirão que, na correria de uma campanha… “acontece“. Acontece mas não pode acontecer. Na verdade esse tipo de descuido revela duas coisas: falta de educação e a porção autoritária cada vez mais visível no PT. Um grupo dominante dentro do partido que quer vencer a qualquer custo e por qualquer meio.
Acho que todos sabem do que estou falando.
O PT surgiu com o bom sonho de dar voz aos trabalhadores mas embriagou-se com os vapores do poder. O partido dos princípios tornou-se o partido do pragmatismo total. Essa transformação teve um “abrakadabra” na miserável história do mensalão . Na época o máximo que saiu dos lábios desmoralizados de suas lideranças foi um débil “os outros também fazem…”. De lá pra cá foi um Deus nos acuda!
Pena. O PT ainda não entendeu o seu papel na redemocratização brasileira. Desde a retomada da democracia no meio da década de 80 o Brasil vem melhorando; mesmo governos contestados como os de Sarney e Collor (estes, sim, apóiam a sua candidatura) trouxeram contribuições para a reconstrução nacional após o desastre da ditadura.
Com o Plano Cruzado, Sarney tentou desatar o nó de uma inflação que parecia não ter fim. Não deu certo mas os erros do Plano Cruzado ensinaram os planos posteriores cujos erros ensinaram os formuladores do Plano Real.
É incrível mas até Collor ajudou. A abertura da economia brasileira, mesmo que atabalhoada, colocou na sala de visitas uma questão geralmente (mal) tratada na cozinha.
O enigmático Itamar, vice de Collor, escreveu seu nome na história econômica ao presidir o início do Plano Real. Foi sucedido por FHC, o presidente que preparou o país para a vida democrática. FHC errou aqui e ali. Mas acertou de monte. Implantou o Real, desmontou os escombros dos bancos estaduais falidos, criou formas de controle social como a lei de responsabilidade fiscal, socializou a oferta de escola para as crianças. Queira o presidente Lula ou não, foi com FHC que o mundo começou a perceber uma transformação no Brasil.
E veio Lula. Seu maior acerto contrariou a descrença da academia aos planos populistas. Lula transformou os planos distributivistas do governo FHC no retumbante Bolsa Família. Os resultados foram evidentes. Apesar de seu populismo descarado, o fato é que uma camada enorme da população foi trazida a um patamar mínimo de vida.
Não me cabem considerações próprias a estudiosos em geral, jornalistas, economistas ou cientistas políticos. Meu discurso é outro: é a democracia que permite a transformação do país. A dinâmica democrática favorece a mudança das prioridades. Todos os indicadores sociais melhoraram com a democracia. Não foi o Lula quem fez. Votando, denunciando e cobrando foi a sociedade brasileira, usando as ferramentas da democracia, quem está empurrando o país para a frente. O PT tem a ver com isso. O PSDB também tem assim como todos os cidadãos brasileiros. Mas não foi o PT quem fez, nem Lula, muito menos a Dilma. Foi a democracia. Foram os presidentes desta fase da vida brasileira. Cada um com seus méritos e deméritos. Hoje eu penso como deva ser tratada a nossa democracia. Pensei em três pontos principais.
1) desprezo ao culto à personalidade;
2) promoção da rotação do poder; nossos partidos tendem ao fisiologismo. O PT então…
3) escolher quem entenda ser a educação a maior prioridade nacional.
Por falar em educação. Por favor, risque meu nome de seu caderno. Meu voto não vai para Dilma.
SP, 25/10/2010

21 ideias sobre “Carta à candidata Dilma

  1. OLHO DE VIDRO

    Texto perfeito. Essa eleição marca a volta da ditadura no brasil. Será ADDD , antes da Dilma e pois da Dilma. Vencerá a ditadura da ignorância. Vence o voto da esmola.
    Carlinhos, você é do PT ? não é possível que pessoas inteligentes e que tenham o mínimo discernimento não percebam que o governo LUla só fez cortesia com o chapéu alheio.

  2. Carlos

    A nobre escritora não é do Estado de SP, correto?

    Pois se fosse, não falaria que o concorrente da Dilma trata a educação como prioridade nacional.

    Só perguntar a um professor do Estado de SP, governado há quase duas décadas pelos tucanos, se eles estão “contentes” com a forma de governo por aqui.

    Ah, esses intelectuais brasileiros…

  3. Bruna

    Você é maria vai com as outras para seguir a opinião dos outros ??
    Siga a sua opinião ,tenha vida própria .
    Pra mim democracia é aceitar as escolhas dos outros e não interferir !

  4. @jota66

    Cara Ruth Rocha,
    canalhice colocarem seu nome no manifesto de apoio à cadidata, mas não sei se é tão difícil haver uma homônima. Se houver alguma descrição que permita a sua identificação, reitero que é canalhice, caso contrário, isso inevitavelmente acontece, me chamo Thiago e sei como é comum.
    Quanto a como deve ser tratada a democracia…
    1) Não há país no mundo que não haja culto à personalidade. A maior democracia do mundo idolatrou Obama por alguns meses.
    2) Adoro tucano falando de promoção da rotação do poder; Vamos pra 20 anos de tucanos em São Paulo, nenhum abre o bico pra falar de rotatividade de poder por aqui. Rotatividade conveniente é o próprio fisiologismo disfarçado.
    3) Não que educação não mereça maior atenção do que recebe hoje de todas as instâncias do poder. Como universitário da rede pública, sei como o liberalismo é cruel com a educação. Mas priorizar educação pra quem morre de fome é jogar a semente no cimento. Os gregos avisavam que o corpo precisa estar bem para que assim esteja a alma. Você , culta que é, deve saber muito bem disso. Uma coisa de cada vez, são 500 anos e stagnação, não se resolve isso em duas décadas.

  5. Moizés Braz

    O cometário do Carlinhos, mostra como são os PTISTAS, ou seja se for contra eles, é do mal, e vota mal. que democracia que voces, querem, ou como bão petista, você não entendeu nada que ela escreveu.

  6. andrielly vogue

    sou dilma mas não compareço nos comicios poeque eu também entreguei uma carta e até hoje sem resposta não recebi respaldo ……
    se um dia eu me dar bem na politica irei cobrar tudo isso eu faço e eles fazem de conta que nada foi feito

  7. Carlinhos

    Não sou do PT. Não acho que a falta de inteligência seja exclusividade do PT.

    Quanto à campanha do mal contra o bem, é só olhar a campanha do seu candidato.

    Só para lembrá-lo: Serra é do bem. Logo quem é do mal.

    Entendi bem o que ela escreveu quanto a você, tenho as minhas duvidas, escreve mal e pontua pior ainda. Por acaso também não é PT?

  8. Da Poltrona

    Em nome da Democracia (e da religião, nem se diga …) estão se cometendo hoje os maiores crimes e, não raro, contra ela mesma.
    Tudo justifica tudo.
    Democracia é uma palavra vã, etérea, na ponta da língua de toda a politicagem, à serviço da mais corrupta politicalha.
    Ela não tem poder coativo, ela não tem poder econômico, ela não tem poder político, ela não tem esquadrão, nem batalhão, muito menos exército.
    Quando ela existe tentam assassiná-la, mas quando ela não existe ou está sendo vilipendiada é porque morreu a liberdade ou está a ponto de ser violentada.

  9. Palotina Forever

    No final das contas somos todos idiotizados por aqueles que pensam que quem é “contra Dilma” é “tucano” e quem é “contra Serra” é petista.
    Esse reducionismo imbecilizante faz surgir comentários que ao invés de defender esse ou aquele candidato, dizem algo como -”é, mas o ____ também faz”.

    Sou a favor da honestidade administrativa, da ética, do caráter. Sou contra o pragmatismo fisiologista, contra o marketing eleitoreiro, contra o engano, contra o vale tudo para se pegar a chave do cofre.

    Será que sou petista ou tucano ?

    Quando vai surgir um partido de verdade no Brasil ?
    Socorro..

  10. tintorelli

    “liberdade de imprensa”, para certos idiotas, é a editora Abril receber dinheiro do governo de São Paulo.

  11. Nanda

    Carlos,
    Os professores do estado de São Paulo foram obrigados a fazer uma prova com testes contendo o conteúdo que eles mesmos ensinam.
    O bônus dessa prova seria (e foi) o aumento de salário para quem passasse a esse concurso.
    Eu, que sou do estado de São Paulo, aliás, vejo que os professores que passaram (em sua maioria) apóiam Serra, enquanto os que não passaram (em sua maioria) odeiam a prova e o governo do estado. Porque será?

  12. lisie

    Quem é Ruth Rocha ? Infelizmente educação e cultura não chegaram a todos neste país.
    Ditadura , imposição acho que a maioria dos brasileiros
    não quer. Nem a prestigiada , amorosa e competente Ruth Rocha.
    Que ainda tem todo direito de dizer não quando algo errado acontece. Coisa pouco comum neste país ultimamente.

  13. alderijo bonache

    Pois é, quanta pobreza Deus do céu! Ficam batendo boca como lavadeiras por causa de uma deslumbrada paulista que fala da BELEZA da educação no Estado de SP! Mais um pouco e voltaremos ser a Quinta Comarca de novo!

  14. Omero

    Perfeitametne. É muito fácil fazer uma lista, encher de nomes e dizer que todos são seus apoiadores. O problema é que não combinou com os tais…
    A mentira tem perna curta. Afinal, quantos tem, realmente, nesta lista e com a devida autorização? E quem são os eles? Por que até agora não houve uma divulgação mais consistente com os tais nomes?

  15. Ruy

    Ora, ora, dona Ruth Rocha! Chateada pq “entrou” na lista pra apoiar Dilma? Fica assim não, continua apoiando os tucanos que vcs devem saber o que é bom para o Brasil.

    Ruy.

  16. Justine Ahmilen

    Vai indo escritorazinha de banheiro de rodoviária… ridícula em busca em notoriedade… vai indo com o Serrabaixo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>