11:15Os tubos do Pré-Sal

Do Correio do Litoral.com (http://correiodolitoral.com), em reportagem de Gustavo Aquino:

Pontal e Ilha do Mel voltam a discutir instalação da Subsea

A população de Pontal do Paraná finalmente poderá analisar nesta terça-feira (26) alguns dos reflexos da instalação da Subsea 7 no município. A audiência pública do impacto ambiental da base de montagem de tubos submarinos que a empresa norueguesa está pretendendo instalar acontecerá a partir das 19h, na sede da Associação Banestado, em Praia de Leste. Na quarta-feira, nova audiência pública será realizada na Ilha do Mel, também às 19h. No dia 30 de julho, uma audiência pública convocada pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP) foi cancelada por determinação da Justiça Federal. A empresa anunciou que irá investir R$ 100 milhões numa unidade para soldagem e embarque de tubos rígidos de aço para o pré-sal. 

Segundo a assessoria de comunicação da Subsea, todos os requisitos para o licenciamento foram atendidos no projeto. “O Parque de Construção Submarina do Paraná vai operar com tecnologia de ponta, sem geração de efluentes industriais e com impacto mínimo nos recursos naturais da região”, informa a empresa. A Subsea argumenta que para construir sua unidade em Pontal adquiriu uma área de 2.600 hectares, mas que só vai ocupar 3%. 

O Ministério Público Federal considera que é preciso levar em consideração que o local escolhido pela empresa é caracterizada pela fragilidade ambiental do ecossistema. O MPF ainda argumenta que as instalações afetarão uma comunidade indígena, no caso os guaranis que vivem na região do rio Guaraguaçu, os M`Byá. 

Audiências públicas sobre instalação da Subsea 7

DIA 26/10/2010 (terça-feira)                                                                           

Local: Pontal do Paraná                                                                              

Endereço: Associação Banestado de Praia de Leste – Rua Copacabana, s/n         

Horário: 19h 

DIA 27/10/2010 (quarta-feira)                                                                                                     

 Local: Ilha do Mel                                                                                     

Endereço: Restaurante e Pousada Ilha do Mel – Praia das Encantadas

Horário: 19h

2 ideias sobre “Os tubos do Pré-Sal

  1. Carlinhos

    Impacto mínimo nos recursos naturais da região?

    Grande parte da área se constitui numa ilha fluiviomarinha, formado pelos rios Maciel e Guraguaçu, caracterizada pela fragilidade ambiental do ecossistema, cujo acesso por terra se dará por ruma ponte sobre o Rio Maciel.

    Para a construção da ponte será preciso efetuar um aterro de 600 metros em áreas de manguezais e restingas, para a construção de uma ponte de 60 metros de extensão.

    Toda a área a ser utilizada para a instalação do empreendimento também deverá receber aterro, sendo que metade dela também se constitui de área de manguezais e áreas de preservação permanente.

    Sem contar a estrada de acesso ao empreendimento se liga a rodovia QUE LIGA Praia de Leste a Ponta do Sul, na altura do balneário de Shangrilá. Que recebera todo a trafego de matérias para o empreendimento.

    Como ficara a rodovia quando receber o trafego de caminhões pesados junto com os veranistas?

  2. Rosa R. Lima

    além de afetar a comunidade indigena, a demarcação da área que lhes pertence foi alterada pelo executivo atual com a justificativa de “revisão de plano diretor” que ja está em uma segunda etapa, ou seja, a área dos indios, ficou para ingleses verem… uma parte dessa área foi vendida a tal empresa que certamente comprometerá o ecossistema e com o qual a população não se preocupa, uma vez que imagina que a empresa gerará empregos locais… vão esperando….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>