17:54Três tipos

por Lelé de Goró

Hoje, no passeio de jipe de Dilma Rousseff pelo calçadão da Rua XV, havia três tipos de gente acompanhando: os milionários fanfarrões; os jornalistas e o resto era a pelegada querendo uma boca.

4 ideias sobre “Três tipos

  1. viva a democracia

    eu estava lá!!
    não estava procurando nenhum carguinho, pois não preciso disso…estava lá pq quero que o Brasil continue mudando para melhor…abç

  2. Frik

    Dizer que o petê encontrou uma fórmula magica para a Cultura é forçar um pouco a barra: O caminho seria desonerar a sociedade para estimular um mecenato espontâneo, educar a população para criar uma demanda por cultura, e assim a produção vicejaria. O problema é que isto ia dar trabalho … é mais fácil manter a carga tributária escorchante (também para sustentar uma ‘casta’ dirigente), canalizar recursos para partidários e simpatizantes (usando um verniz de legalidade) e o resto que se dane. Mais um pouco e se chega uma ‘sovietização’ da produção cultural: um arremedo de democracia, onde vicejam os áulicos, partidários e oportunistas, enquanto que os dissidentes, minoritarios ou indiferentes ao ‘Partido’ viveriam como no exilío…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>