13:50A pele

Do Goela de Ouro:

Tem deputado querendo a pele de Hermas Brandão, conselheiro presidente do Tribunal de Contas que terá filho e neto na Assembleia Legislativa. Levantam a tese, e querem comprovar, que ele usou o poder do tacape da instituição para catapultar a campanha dos herdeiros políticos.

7 ideias sobre “A pele

  1. Élio Moreira Sales

    E a Lei orgânica do TC, diz que: Conselheiro que tiver filho ou parente concorrendo a eleição deve se licenciar do cargo.

  2. Pingback: odiario.com – blogs - Milton Ravagnani » Arquivo do Blog » O peso da mão

  3. Gonzaga

    Pensar assim é duvidar da capacidade política desses dois rapazes, nomes conhecidos no Paraná todo. Eles como o filho do Anibelli, a parente do Litro e outros são todos conhecidos de sobejo… Então tá…

  4. Pedro Malazartes

    Deveria ser proibido, sim senhor.
    O Conselheiro chama o prefeito que tem alguma pendência, pede o apoio pro filho com a certidão positiva nas mãos. Segurando-a com se fosse rasgá-la olhando para o prefeito que simplesmente acena a cabeça dizendo que sim.
    É assim que funciona.
    Sejam mais diretos, gente. Aproveitemo-nos do anonimato. O anonimato é muito importante. Se não fosse a denúncias anônimas, 80 por cento das maracutaias, dos contrabandos, do tráfico de drogas e armas não seria descoberto.

  5. Fausto Thomaz

    Pedro, isso não acontece no Tribunal de Contas, vc está redondamente enganado….todos os Conselheiros são probos até que se prove o contrário.

  6. Estatística

    O ilibado Hermas? Fazer uma coisa dessas? Não acredito.

    Como não acredito nos fantasmas da Assembléia. Afinal, os dois grandes denunciados foram reeleitos gom grande número de votos. Isso prova que não tem culpa.

    Como não acredito que os Requião sejam assim tão mal educados. Gente finíssima

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>