11:38Atrito no ar

Do ombudsman:

Na rádio Bandnews, a jornalista Joice Hasselmann rodou a baiana porque um trecho de entrevista que fez com Beto Richa (PSDB), foi utilizado na campanha de Osmar Dias, candidato do PDT ao governo do Paraná. “Essa história dos laranjas podres foi usada no programa de rádio do candidato do PDT ao governo do estado. Ele colocou o trecho da minha entrevista e também o trecho do comentário. Eu sequer fui consultada ou comunicada que haveria o uso desse trecho da entrevista, que foi concedida aqui na rádio BandNews FM, nessa peça publicitária, propaganda eleitoral. Foi com surpresa que fiquei sabendo. Eu quero dizer aos senhores, caros ouvintes, que não sou filiada a nenhuma partido político. Já pedi aos advogados dessa emissora e meus advogados que façam um requerimento, que será encaminhado à coligação, pedindo a retirada desse trecho da entrevista, por estar lá o meu nome. Não quero o meu nome associado a nenhum candidato”.

15 ideias sobre “Atrito no ar

  1. Charles Friedrich Junior

    Maenzinha ! Pimenta nativa no dos outros é ibope ! “Meus advogados”, que façam um requerimento …é piada!

  2. Zóio da Sete

    Pq ela nao pendura uma melancia no pescoço? Ia ficar mais bonito prá ela aparecer… Esta moça é um remedo de jornalista e se acha. Ridícula!!
    Nunca vou escutar um programa dela.

  3. jar

    È isso aí Joice, você viu como esta gente aliada ao PT usa e abusa de outras pessoas que estão trabalhando. acontcesu com você numa entrevista imagine em algo de maior gravidade como utilizar trafico de influência ou bisbilhotar os sigilos da pessoas, alguém opera estas irregularidades. No teu caso, claro que não foi o candidato, mas alguem da sua produção e se êle esta participando de sua campanha, deve ter visto o programa antes e aprovou, pois ao ar. Este é o estilo dessa turma. Ninguem é santo e nós onsignificantes mortais , alguns, acreditam no papo deles. No caso dogoverno federal, se fizeram tudo que falam, não teriamos pobres nas esquinas e crianças nas ruas, o PAC é um engodo

  4. Edmar Junior

    Até parece…

    Se a moça estiver falando sério mesmo, que ingresse com uma representação perante à Justiça Eleitoral.

  5. filipe

    Qum será que é o candidato predileto do patrão dela???
    JM tem grande amizade com os dois lados mas tem puxado mais pro lado Vermelho…
    Será que os advogados da rádio vão ter peito de deixar o patrão descontente???
    Aguarde sentada…pois pode cansar…

  6. Pina

    A Coligação de Osmar extrapola, além de usar de seguidas mentiras, faz uso indevido sem a autorização das pessoas citadas!
    Uma representação no TRE com certeza vai dar ganho de causa a jornalista que profissionalmente não pode ter seu nome envolvido em disputa partidárias, onde edita-se apenas a parte que interessa o candidato Osmar, não colocando a resposta completa e nem a íntegra da pergunta, será penalizado a coligação com espaço cassado pelo TRE!!!!
    Esse Osmar está desesperado mesmo, pois está vendo chegar o dia de sua derrota para Beto Richa!!!!!

  7. Gardenal

    O Herivelto Oliveira não teve chilique quando utilizaram um trecho da entrevista dele com o Beto. Naquela entrevista o candidato afirmava que não deixaria a prefeitura antes de terminar o mandato. O fato é que a entrevista foi dada, foi ao ar e faz parte da história. Se os políticos não gostam do que falam – ou se arrependem – que falem menos. Um jornalista que não gosta que utilizem parte do seu trabalho em campanha eleitoral, deve pedir férias no período. Imagine se os jornalistas da Folha e Veja forem reclamar pelo fato do programa do Serra utilizar o material que eles produziram.

  8. Jackestriphadhor

    Muita gente solidária – os do lado dele, claro, com o Esmael Morais que continua deletando comentários contrários como o meu que questiona a devoção do sen. Osmar Dias à agricultura paranaense, quando se sabe que a sua maior propriedade agrícola, aquela fazenda cantada em prosa e verso pelo seu ex-adversário, o ex-gov. Roberto Requião, fica no Estado do Tocantins.

  9. Eu

    Prá quem já ouviu o programa conduzido por esta “jornalista” isto não surpreende. Não sabe ela que está falando em uma freqüência de rádio aberta em razão de uma concessão pública. Acho que ela pensa que o seu patrão é dono da freqüência e ela é titular do direito autoral de seus comentários. “Tadinha”! Mas, um dia, quem sabe, ela aprende.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>