16:03Processo e pancada

Se o trem da campanha continuar assim, pode descarrilar em cima dos eleitores. Acompanhem as duas bombas enviadas pelos assessorias de Beto Richa (PSDB) e Osmar Dias (PDT), respectivamente: 

A Coligação Novo Paraná ajuizou nesta quinta-feira (9) uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral no Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE) contra Osmar Dias e Rodrigo Rocha Loures, candidatos a governador e vice pela Coligação A União Faz um Novo Amanhã. A ação pede investigação por abuso do poder de autoridade, uso indevido de dinheiro público e de funcionários da Sanepar, em horário de trabalho, para participar de atividades de campanha eleitoral. Essas condutas são vedadas a agentes públicos, conforme o artigo 73 da Lei das Eleições, sob pena de multa e perda do registro da candidatura.

—————–

O coordenador da campanha de Beto Richa (PSDB) nos Campos Gerais, prefeito de Castro Moacyr Fadel, agrediu o presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Castro, Antônio Kava, nesta sexta-feira (10) após o debate da APP Sindicato, em Curitiba. Fadel é o presidente das Associação dos Municípios do Paraná (AMP) e é do PMDB, partido da coligação de Osmar Dias, mas é um dos prefeitos dissidentes da coligação A União Faz um Novo Amanhã. Kava estava no banheiro quando Fadel foi atrás dele e o agrediu com socos e pontapés. O sindicalista faz campanha por Osmar. O sindicato que ele dirige move uma ação de improbidade administrativa contra o prefeito Fadel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>