7:30Prêmio para Rede de Bibliotecas

A prefeitura de Curitiba informa: 

A Rede Municipal de Bibliotecas Escolares de Curitiba receberá o Prêmio Objetivos de Desenvolvimento do Milênio Brasil (ODM), do Governo Federal, que será entregue ao prefeito Beto Richa pelo presidente Lula no dia 24 de março, em Brasília. “É mais um importante reconhecimento à prioridade que a administração municipal tem dado à educação”, disse Richa. Implantada em 2005 pela Secretaria Municipal da Educação, a Rede conta hoje com 168 bibliotecas em escolas e nos Faróis do Saber e acervo de mais de 700 mil livros.

O Prêmio ODM Brasil tem a finalidade de incentivar ações, programas e projetos que contribuem efetivamente para o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, estabelecidos pelo governo federal. No ano passado, a Prefeitura de Curitiba também ganhou o Prêmio ODM, com o programa Mãe Curitibana, da Secretaria Municipal da Saúde.

Nesta terceira edição, o Prêmio recebeu 1.477 práticas inscritas, sendo 785 de organizações da sociedade civil e 692 de governos municipais. São premiados 10 projetos em cada categoria. Os projetos foram avaliados por um comitê técnico de especialistas nos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM). O programa Vitrine Social, da Fundação de Ação Social de Curitiba, ficou entre os 45 semifinalistas do prêmio 2010.

O prêmio é coordenado pela Secretaria-Geral da Presidência da República, em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e com o Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade. A coordenação técnica é do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e da Escola Nacional de Administração Pública (Enap).

Os projetos brasileiros vencedores em 2010 vão integrar um banco de dados da internet que reúne iniciativas de países da América Latina sobre os ODM.

Para disputar o ODM, a Rede de Bibliotecas Escolares foi avaliada de acordo com os seguintes critérios: Impacto no Público Atendido, Participação da Comunidade, Parcerias, Potencial de Replicabilidade, Complementaridade, Integração com Outras Políticas e Contribuições para Alcance dos Objetivos do Milênio.

“Com investimentos e a abertura das bibliotecas formamos crianças participativas, críticas, presentes. Nossas bibliotecas não são santuários de livros, são santuários de crianças ativas, que querem e podem ter o melhor da educação”, disse a secretária municipal da Educação, Eleonora Bonato Fruet. “Este Prêmio ODM é mais uma mostra de que estamos no caminho certo e comprova a qualidade dos profissionais da Rede Municipal de Ensino.”

A Rede – antes de 2005, a Rede Municipal de Ensino contava com 45 Faróis do Saber e 23 bibliotecas em escolas. Com a implantação da Rede de Bibliotecas Escolares, em 2005, o número de unidades dedicadas à leitura e pesquisa passou para 168, com previsão de chegar a 190 até 2012.

Somente em 2009 começaram a funcionar 29 novas bibliotecas na Rede. O investimento da Prefeitura no projeto inclui a formação e a permanência de agentes de leituras capacitados em todas as unidades.

São 700 mil livros disponibilizados para empréstimo, além dos livros digitais e outras formas de acesso à leitura, cultura e informação que podem ser acessados pela internet.

O acesso ao acervo de livros pode ser feito de qualquer computador conectado à internet pelo portal www.cidadedoconhecimento.org.br, da Secretaria Municipal da Educação. Basta clicar no link Rede de Bibliotecas, que está no menu de serviços do portal.

Nesta página, o usuário consultará a lista das bibliotecas mais próximas de casa, obterá o número do telefone para fazer reserva de horário para acesso gratuito à internet ou poderá procurar no sistema informatizado um livro que queira ler, digitando palavras-chaves, título, autor ou assunto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>