0:51STJ cassa liminar e ‘ressuscita’ convenção do PMDB

Da Folha Online:

Durou pouco a euforia dos dissidentes do PMDB. O STJ acaba de cassar a liminar que suspendera a convenção do partido marcada para este sábado (6). Deve-se a decisão ao próprio presidente do Superior Tribunal de Justiça, ministro Cesar Asfor Rocha. Com isso, a convenção do partido foi mantida. Michel Temer (SP), que será reconduzido à presidência do PMDB na convenção, conversou com o blog há pouco. “A decisão do Tribunal de Justiça do DF foi equivocada”, disse Temer.  “A desembargadora [Vera Andrighi] fez uma interpretação errônea do regimento do partido. O STJ repôs a matéria nos trilhos”. 

A maior parte dos 570 convencionais com direito a voto já chegou a Brasília. Aguardava-os um jantar, num hotel da Capital. 

Retido pela necessidade de recorrer da decisão judicial que ameaçava a convenção, Temer chegou ao repasto com atraso, perto da meia-noite. 

Portava, porém, a boa nova: os advogados da legenda já o haviam informado acerca da cassação da liminar que beneficiara momentaneamente o grupo dissidente, encabeçado por Orestes Quércia (SP). 

A convenção deste sábado não tratará do apoio do PMDB à candidatura de Dilma Rousseff. Servirá apenas para eleger a nova direção do PMDB.
O comando será compartilhado entre os grupos da Câmara e do Senado. A recondução de Temer à presidência é certa. Remanescem dúvidas quanto à escolha do novo vice-presidente da legenda. 

Sabe-se apenas que o cargo vai às mãos de um senador. Frequantava o noticiário com cara de favorito o líder de Luna no Senado, Romero Jucá (RR). 

Passou a enfrentar, porém, a oposição de Renan Calheiros (AL). Líder do PMDB no Senado, Renan deseja acomodar no vice-comando do PMDB Valdir Raupp (RR). 

Embora preferisse Jucá, o grupo da Câmara decidiu não interferir. Vai ajudar a aprovar o nome que chegar à convenção pelas mãos de Renan. 

A chapa encabeçada por Temer não terá adversários. Em minoria no partido, os dissidentes preferiram ir à Justiça a disputar espaço nas trincheiras da legenda. Perderam.

Segundo Temer, o PMDB vai emergir da convenção “unificado em sua quase totalidade”. Algo que, segundo diz, “fortalece” a legenda nas negociações com o PT. 

Cotado para ocupar a vice na chapa de Dilma, Temer evitar tratar do assunto. “Isso é coisa para ser decidida mais adiante”, ele repete.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>