15:17Em busca de uma saída

Quem participou da reunião do dia 18 de janeiro no PSDB, onde Alvaro Dias e Beto Richa estavam presentes e foi decidida a data da reunião do Diretório Estadual do partido para o dia 08, a pedido do próprio senador, que não queria que naquela data, em janeiro, o nome de Richa fosse sacramentado como candidato, acha que a reunião de hoje em São Paulo é uma tentativa de se achar uma “saída honrosa” para Alvaro, o que ele, o poderoso, acha que seja difícil acontecer. Ao mesmo tempo, agora fica-se sabendo que o ex-governador pediu um tempo para aumentar o estrago na campanha do prefeito de Curitiba. Ontem mesmo deu entrevista ao site Terra Magazine (clicarlink abaixo)  afirmando que o que será decidido segunda-feira não é definitivo. Ninguém disse o contrário, mas isso não importa no mundo da disputa política. Vale o estrago e o que se pode auferir com isso. O senador apostou na intervenção nacional do partido para ser o candidato. Isso seria tão viável quanto Roberto Requião agradecer o legado de Jaime Lerner quando deixar o governo. Valdir Rossoni, presidente estadual do PSDB, ponta-de-lança da campanha de Richa, sempre diz seria uma loucura total o partido tirar dadisputa o melhor prefeito do Brasil e líder nas pesquisas. Aguarda-se, portanto, o que vem por aí. Nas palavras oficiais e combinadas – e nos bastidores, onde chega-se perto do que de fato acontece. Isso é política.

(http://terramagazine.terra.com.br/interna/0,,OI4245898-EI6578,00-Alvaro+Dias+reuniao+para+decidir+candidato+nao+tem+valor.html)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>